Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias "O homem põe e Deus dispõe" Autor(a): Ana Lucia Simúes Salgado Treccalli - Conheça esse autor
História publicada em 01/03/2013
O homem põe e Deus dispõe. Desde pequenina ouvia essas palavras de minha avó Sebastiana, sábia mulher, nascida e criada em Brotas, mas que viveu aqui em São Paulo, desde que meus pais se casaram em 1941. Morávamos em um casarão na Barra Funda, e outro dia passei lá em frente por motivos de trabalho e então muitas lembranças vieram à minha mente, inclusive esse velho ditado.

Ela repetia isso sempre que alguém se queixava de algum plano frustrado. E nos ensinava que a vida, seu curso, sua duração pertencem a Deus e por mais que nós homens a desejemos controlar, acabamos frustrados se não temos fé. A humanidade se desenvolveu muito, mas em sua vã sabedoria, sempre esbarra nos desígnios de Deus, que para nós são impossíveis de desvendar. Se tivermos fé e confiança nele, somos até capazes de entender, mas jamais de desvendar.

Agora, mais que nunca, me lembrei das palavras de minha avó. Tenho enfrentado dificuldades e sofrimentos intensos com a doença de meu marido que luta contra um câncer no pulmão, desde janeiro de 2012. E a palavra certa é luta - porque foi o que aconteceu neste pouco mais de um ano.

Consultas e mais consultas, toneladas de exames de laboratório e outros mais específicos, infindáveis sessões de quimioterapia. E tudo isso não foi capaz de vencer a doença. Agora - embora não saiba - meu marido encontra-se em seu leito de agonia, sendo tratado com carinho imenso pelos médicos e enfermeiros que o controlam e visitam diariamente.

Nas reuniões que tive com os médicos e nas pesquisas que fiz por minha própria conta, descobri que o caso de meu marido, na literatura médica, se enquadra dentro de um prazo de seis meses a um ano de vida, dependendo da pessoa. O câncer foi descoberto em janeiro de 2012, mas sei que já estava lá escondidinho há um pouco mais de tempo. Assim, o que o homem pôs, Deus dispôs.

Quando fomos chamados para mais uma reunião - já que não havia nada mais a ser feito terapeuticamente e o tratamento estava passando para a fase de medicina paliativa, foi "prognosticado" talvez um prazo de um mês para que a agonia terminasse. Mais uma vez, a luta desse homem forte surpreende até o médico que acabou se tornando seu amigo e já está durando quase três meses.

O que nos conforta é que o tratamento paliativo é feito de medicamentos, procedimentos médicos, mas antes de tudo de muito carinho e atenção de todos os que trabalham no home-care e no in-care, incansáveis cuidadores, que podemos chamar de carinhosos amigos nesta hora tão difícil.

Mas, acima de tudo o que mais nos conforta é saber que "o homem põe e Deus dispõe" e que ele, em sua infinita sabedoria, tem um propósito para tudo isso, um desígnio para nós indesvendável, ininteligível, mas que em nossa fé, quando o aceitamos e o enfrentamos com a ajuda de Deus, nos tornamos mais fortes nele.

Sábia avó Sebastiana, que com suas palavras simples, seu ditado tão antigo quanto podemos lembrar, nos incutia a fé no Pai Todo Poderoso e nos preparava para a vida.


E-mail: [email protected] E-mail: [email protected]
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 06/03/2013 dona ana, ao ler sua interessante historia não somente e como os demais amigos leitores venho desejar muita força, fé e coragem ao vosso coração e mente, mas dizer-lhe em conforto divino que: "o homem põe a doença, a descrença, as dificuldades e os males, mas Deus e o senhor Jesus em verdade nos dispõe a cura, a fé, a esperança e a alegria e segurança de que eles existem e estão sempre prontos a nos ajudar". Deus abençõe a senhora, o esposo - que com a graça do senhor já estará curado - e toda sua familia. Enviado por Cássio Marcello de O M Lima - [email protected]
Publicado em 04/03/2013 Ana, pouco tempo atrás passei por isso com uma sobrinha, ainda tão jovem e quando foi marcado pelo medico 3 meses de vida, meu coração se partiu.Um dia antes de sua partida ela pegou na minha mão e disse que todos os médicos disseram que ela ia ficar boa e perguntou o que eu achava. Eu disse a ela que os donos da medicina sabem tudo, então ela deveria acreditar.Foram muitas lagrimas, minha e dela, naquele momento, mas saí dali com a sensação que ela realmente acreditou que no dia seguinte estaria melhor.Tenha fé que Deus sabe o que faz. Um grande abraço e conte com minha orações. Enviado por margarida peramezza - [email protected]
Publicado em 04/03/2013 Ana, é complicado falar alguma coisa, numa hora desta, mas aqui, neste site, a gente vira um amigo do outro e amigo não abre mão de amigo, em hora nenhuma. Que Deus apacente sua alma. Reconforte seu espírito e o de seu marido e permita que ele possa não sofrer. Enviado por Marcos Aurélio Loureiro - [email protected]
Publicado em 04/03/2013 Ana Lúcia, vc não sabe da coincidência que ocorre com a leitura de seu texto e com o que ocorreu comigo ontem. Fui vizitar, em Guarulhos, meu sobrinho, Eugênio,64 anos, filho de minha irmã Maria, 88 anos, com o mesmo problema de seu marido. Realmente essa tragédia que é o cancer, nos faz meditar sobre os dezignos de Deus. Receba meus votos de pronto restabelecimento, Treccalli.
Modesto
Enviado por Modesto Laruccia - [email protected]
Publicado em 03/03/2013 Querida Ana, eu passei por tudo o que você está passando. Foram dois longos anos dentro de hospitais e depois o meu marido se foi mas ficou a tranquilidade que fizemos tudo e ele foi envolvido em muito amor e carinho, por mim e pelos nossos três filhos. Deixei tudo nas mãos de Deus, rezei muito, fiquei o tempo todo ao lado dele e hoje sei que ele está na luz de Jesus, em seu reino de luz. Que Deus lhe de muita força... Enviado por Trini Pantiga - [email protected]
Publicado em 02/03/2013 Numa hora como essa palavras e conforto nao resolvem muito mas sao nescessarias , portanto vamos pedir a Deus que lhe disponha melhores dias , que Deus lhe devolva a saude pois ele comanda nossas vidas e para ele nada e impossivel e nos aqui do seu lado orando para que isso aconteca pois como sempre dizia o Padre Gregorio do Orfanato Sao Judas Tadeu "DEUS E BOM!" ele ouvira
nossas preces . Que ele vos proteja ! Abracos Felix
Enviado por Joao Felix - [email protected]
Publicado em 02/03/2013 "O homem propõe e Deus dispõe", assim nos reconhecemos limitados na dor e na doença. E sabendo que Deus pode tudo, e resolve até coisas impossíveis, rogamos a Ele que cuide e proteja seu marido e nosso irmão.
Ana estamos torcendo e em oração contigo para pedir essa (ajuda) e a graça necessária, confiando no Senhor Jesus.
Enviado por Clesio de Luca - [email protected]
Publicado em 01/03/2013 Ana, foi muito bom você ter escrito tudo isso. Perdoa, por favor, a minha intromissão, mas existem momentos em que a gente tem mesmo que falar. E vamos na fé, minha querida, nos cuidados e na certeza da eterna bondade divina. Tenha paciência e muita, muita fé. Um beijo muito carinhoso. Vou rezar por todos vocês, viu? Enviado por Vera Moratta - [email protected]
Publicado em 01/03/2013 Sua fé, força e ainda assim, uma resignação própria de quem confia, luta, mas aceita os desígnios divinos, marcaram, para mim, esse seu relato tão sensível e forte!

É muito duro passar por esses sofrimentos - passei com minha mãe, tios e sogra - e se tivermos fé para entendermos que são colocados em nossa vida para nos fortalecer, para que aprendamos com eles, o fardo parece menos pesado, e, para quem acredita que tudo que nos acontece tem um propósito,a aceitação fica um pouco mais fácil.


Que você continue tendo forças e agradeça a Deus por poder acompanhar seu marido e também por poder proporcionar-lhes os cuidados carinhosos e necessários seus e da equipe de cuidadores. Parabéns pela sua fé e firmeza! Abraço Célia
Enviado por Regina Célia de Carvalho Simonato - [email protected]
Publicado em 01/03/2013 Que DEUS renove suas forças físicas e espirituais dia a dia e faça o melhor para seu marido.
Abraços Julia.
Enviado por Julia - [email protected]
« Anterior 1 2 Próxima »