Leia as Histórias

Categoria - Nossos bairros, nossas vidas “My” Vila Sofia querida Autor(a): Ailton Joubert - Conheça esse autor
História publicada em 12/11/2012
“Mi Buenos Aires querido,
cuando yo te vuelva a ver,
no habrá más penas ni olvido.

El farolito de la calle en que nací
fue el centinela de mis promesas de amor,
bajo su inquieta lucecita yo la vi
a mi pebeta luminosa como un sol.”

Minha Buenos Aires querida,
quando eu ver você de novo,
não mais tristeza ou esquecimento.

A lanterna na rua em que nasci
era a sentinela das minhas promessas de amor
sob a sua luz inquieta pouco que eu vi
“pebeta” minha luz como um sol...

Ano de 1974 ou 1975- Deixando a modéstia de lado, uma vez por mês, estava eu no palco do salão de baile "Casino Vila Sofia" (Santo Amaro) cantando tango; não era nenhum Carlos Gardel, mas dava conta do recado. O proprietário do salão, Sr. Nogueira, não me pagava nada, apenas o taxi, a entrada e uma bebida grátis. Era muito divertido! Entre as garrafas de cervejas, muitas vezes surgia um casamento, tenho amigos/as que hoje estão casados após se conhecerem nessas casas de show.

Ao término do baile, cada um procurava ganhar uma garota, uns se davam bem, outros quebravam a cara, mas não havia brigas; existia muito respeito, todos mantinham o espírito esportivo, bem diferente dos dias de hoje, em que cada balada morre dois ou três.

Já se passaram quase 40 anos e eu fico pensando como o clima de relacionamento e sentimento humano mudou em pouco tempo. Hoje a gente percebe que quase toda relação afetiva passa por uma crise.

Naquela época, os namoros que iniciavam no meio da noite, quase sempre terminavam em casamento. Hoje eles começam o relacionamento de dia e um vai parar no cemitério e outro atrás das grades... Esse é o mundo de hoje. Saudade dos tempos que não voltam mais...


E-mail: [email protected] E-mail: [email protected]
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 14/11/2012 Mano e quando vc chegava ao amanhecer e cantando que até os cachorros saiam correndo... risos. É issoa aí. Enviado por asciudeme joubert - [email protected]
Publicado em 13/11/2012 Ailton, acho que a saudade vai aumentar do Vila Sofia, desde inicio do ano de 2012, não exite mais a sede na Av. De Pinedo- Socorro, mais um enorme empreendimento imobiliário, quem te viu e quiem te vê Santo Amaro, cadaa vez mais desfigurado. parabéns pelo tema,Estan. Enviado por Estanislau Rybczynski - [email protected]
Publicado em 13/11/2012 Mais um “espaço” que perdeu seu "espaço". Hoje na Avenida De Pinedo, onde estava localizado o Cassino Vila Sofia é anunciado mais um “grande” empreendimento imobiliário. Enviado por Carlos Fatorelli - [email protected]
Publicado em 12/11/2012 Bailinhos de fundo de quintal. Que saudades . Abraços Ailton ... Enviado por Jose Aureliano Oliveira - [email protected]
« Anterior 1 Próxima »