Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias O Grande barato Autor(a): Anthony Mennitto - Conheça esse autor
História publicada em 12/06/2012

Quantas são as vezes que reclamamos sobre a nossa São Paulo? O passado não mais virá à tona, mas o grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho. É viver cada momento e construir a felicidade aqui e agora. Claro que a vida prega peças, o bolo não cresce, o pneu fura, chove demais, perdemos pessoas que amamos...

Mas, pensem: Tem graça viver sem “rir de gargalhar” pelo menos uma vez ao dia? Tem sentido estragar o dia por causa de uma discussão na ida para o trabalho?

Eu quero viver bem, e você? O ano de 2011 foi um ano cheio de coisas boas, mas também de problemas e desilusões, tristezas e perdas, reencontros... O ano de 2012 não vai ser diferente. O século muda, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas, e aí? Fazer o quê? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?

O que eu desejo prá todos nós é sabedoria. E que todos nós saibamos transformar tudo em uma boa experiência. O nosso desejo não se realizou? Tudo bem... Não estava na hora, não deveria ser a melhor coisa para esse momento (me lembro sempre de uma frase que ouvi e adoro: “Cuidado com seus sonhos, desejos, eles podem se tornar realidade”).

Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano... Mas, se nós nos entendermos e permitir olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficarão diferentes.

Desejo para todo mundo esse olhar especial!

Este ano será especial, se nosso olhar for diferente. Pode ser muito legal se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro.

Este ano vai ser um máximo, maravilhoso, lindo e especial! Depende de mim, de você.

E que a assim seja! Deus abençoe a todos nós que ainda temos esta São Paulo que cresce com desespero e que, apesar de diferente, continua nossa.


E-mail: [email protected]

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 29/06/2012 Li que a felicidade não consiste em se chegar ao topo, mas na caminhada, no trajeto até ele. Acho que a vida é mesmo por aí! Temos de viver um dia de cada vez, da melhor maneira que pudermos, com o melhor sorriso, com a maior paciência, com a melhor das vontades e com o máximo de otimismo! É difícil? Claro que é! É impossível? Claro que não! Creio que é uma questão de treino, de boa vontade, de auto disciplina.Se conseguirmos fazer um pouco disso a cada dia, já estaremos caminhando para isso, não acha? Parabéns pelo texto, mais uma vez! Abraço Célia Enviado por Regina Célia de Carvalho Simonato - [email protected]
Publicado em 15/06/2012 Esse texto tem que ser relido de vez em quando. Só vai fazer bem. Enviado por newton sismotto - [email protected]il.com
Publicado em 13/06/2012 Muito bom seu texto.
Meu deu um animo novo ao le-lo.
Parabens
Alexandre
Enviado por Alexandre Ronan da Silva - [email protected]
Publicado em 12/06/2012 Sr. Anthony, concordo com tudo isso. Todos pensam em chegar ao topo, mas a caminhada é o que nos faz fortes e muito mais felizes. Sempre é necessário um olhar mais compassivo, calmo e capaz de compreender que tudo passa: o que é bom e também o que nos parece ruim. Lindo texto. Um abraço e meus parabéns. Enviado por Vera Moratta - [email protected]
Publicado em 12/06/2012 Caro Sr. Mennitto. Gostei demais do seu optimismo, confiança e entusiasmo. Concordo plenamente o que se pode obter com um sorriso. Vivemos em tempos difíceis e complicado. Estamos sempre correndo atrás do tempo, do dinheiro, do trabalho, das obrigações e quase sempre nos esquecemos do semelhante. Abraços. Cassandra. Enviado por Cassandra Pierotti - [email protected]
Publicado em 12/06/2012 Anthony, é isso ai, tudo que voce relatou com brilhantismo é inerente ao ser humano, alegria, tristeza, decepção, justiça,chuva, calor, sempre será assim e o ser humano também,parabéns, Estan. Enviado por Estanislau Rybczynski - [email protected]
Publicado em 12/06/2012 Anthony meu amigo,eu costumo dizer que a vida é prega peças na gente,é como um filme de suspense,quando achamos que nada mais pode nos interessar, surge algo novo para nos impulsionar a achar graça em alguma besteira. Isso faz parte do jogo da vida, pena que começamos a nos tornar sábios quando já estamos mais velhos.Poderíamos poupar muito sofrimento.Abraços Sônia Enviado por Sonia Maria de Paula - [email protected]
« Anterior 1 Próxima »