Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Foi em São Paulo que construí a minha história Autor(a): Adriana Rocha - Conheça esse autor
História publicada em 29/03/2012
Na verdade não é a minha história que gostaria de dividir com vocês, mas a história do meu Pai. Acho a história muito interessante e a cada ano, ele conta uma coisa nova... É impressionante!

Bom, meu pai é mineiro do norte de Minas Gerais, tem uma memória muito boa e adora contar essas histórias de quando ele veio e como era antes.

Semana passada ele estava me contando que morou em Minas até os 19 anos e fugiu para vir trabalhar em São Paulo porque ele apanhava muito do pai, por qualquer coisa. Por exemplo, ele me contou que apanhou do pai porque estava trabalhando na lavoura de cana e como o almoço estava atrasado e ele estava com muita fome, ele acabou chupando umas canas antes do almoço. Quando chegou o almoço ele não conseguiu comer tudo e então levou uma baita
surra!

Eu não sabia disso, porque ele nunca demonstrou ter alguma magoa com relação a isso. E não tem mesmo, ele entende todas as dificuldades que os pais tinham, naquela época, para cuidar dos filhos.

Mas não é disso que eu gostaria de contar não. Ele depois me contou um pouco de como foi chegar a São Paulo. Ele não sabia de nada... E veio com um primo. Eles vieram de trem e é muito interessante ouvi-lo falando... Ele conta que não sabia nada do que estava acontecendo e nem o que ele ia fazer... No caminho, enquanto chegava a São Paulo, só seguia ordens das pessoas, que pelo o que eu entendi, eram os organizadores que levavam trabalhadores para as fazendas.

Por fim, ele foi trabalhar na fazenda da Swift em Presidente Prudente e ficou lá por alguns anos.

Ele conta que depois de alguns meses que chegou a fazendo, descobriam que ele estava com esquistossomose e os seus gerentes na fazenda deram todo o apoio que ele precisava, inclusive ele fez cirurgia para tratar a doença.

É muito gostoso e interessante ouvi-lo contando as coisas daquela época. Ele conta tudo isso com muito entusiasmo e amor por todos os momentos por ele vividos, mesmo os difíceis.


E-mail: [email protected] E-mail: [email protected]
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 31/03/2012 ESTA E UMA HISTORIA DE MAIS UM BRASILEIRO POBRE E SOFRIDO ESPECIFICAMENTE DO NORDESTE Enviado por IDA - [email protected]
Publicado em 31/03/2012 ESTA E UMA HISTORIA DE MAIS UM BRASILEIRO POBRE E SOFRIDO ESPECIFICAMENTE DO NORDESTE Enviado por IDA - [email protected]
Publicado em 31/03/2012 como é bom ter um pai que conta histórias...O meu se foi fazem dez anos e eu ainda tenho na lembrança sua voz rouca e sua risada escandalosa.
Deus conserve seu pai ainda por muito tempo contando causos.
Parabéns pelo doce texto.
Abraços. MC
Enviado por mary clair peron - [email protected]
Publicado em 30/03/2012 Seu pai deve ser um sujeito maravilhoso,passou por tanto sofrimento,e conta a vocês como histórias de sua vida,No meio de tanta dor,encontrou alguém que o acolheu.Que êle seja um exemplo de força para vocês filhos taõ queridos por êle.
Walquiria
Enviado por walquiria rocha machado - [email protected]
Publicado em 30/03/2012 Boas lembranças paternas, nunca se deve esquecer. Parabéns, Adriana.
modesto
Enviado por Modesto Laruccia - [email protected]
« Anterior 1 Próxima »