Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares “Perambulando São Paulo, fábricas e vilas” - parte II Autor(a): Aparecida de Lourdes Micossi Perez - Conheça esse autor
História publicada em 06/03/2012

Continuando a falar sobre a excursão que fiz a Sampa no final de janeiro, depois da Vila Itororó seguimos em direção à Vila Economizadora: situada no final da Rua São Caetano (do lado direito da mesma), foi construída pela Sociedade Mútua Economizadora Paulista para ser alugada aos ferroviários e operários de diferentes indústrias, na sua maioria imigrantes europeus.

Nessa época (início do séc. XX) as plantas das construções eram riscadas no chão por um profissional chamado "capomastro", um empreiteiro de obras. A partir da primeira casa riscada, as outras iam sendo construídas da mesma maneira.

Hoje as casas desta vila, apesar de tombadas pelo Patrimônio Histórico, estão descaracterizadas em sua maioria, sendo transformadas em oficinas de costura ou algo do gênero, porém ainda se percebe um clima de boa vizinhança, típico dos tempos do início do século.
Saímos dali e nos dirigimos à Vila dos Ingleses, na Rua Mauá. A Marquesa de Itu cedera o terreno ao genro na década de 20, para que ele construísse e alugasse para o alto escalão da São Paulo Railway. Anos mais tarde, com o advento da Zona Cerealista, a classe média saiu e posteriormente deu lugar a um cortiço (década de 70), até que os descendentes da família conseguiram de volta (1980) e iniciaram o restauro com arquitetos, para os quais cedeu o espaço. Hoje só funcionam estabelecimentos comerciais e os locatários são responsáveis por manterem as características arquitetônicas dos imóveis.


E-mail: [email protected]

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 08/03/2012 Através de você, estou conhecendo uma nova São Paulo! Parabéns, Cida. Enviado por Lia Beatriz Ferrero Salles Silva - [email protected]
Publicado em 08/03/2012 Cida, parabenizo você mais uma vez. Como é bom a gente saber dessas histórias. Isso que você contou me lembra um pouco a Vila Maria Zélia. Vou pesquisar, depois eu posto aqui. Abraços carinhosos Enviado por Deise Domingues Giannini - [email protected]
Publicado em 07/03/2012 Cida, vivendo e aprendendo.Muito bom conhecer um pouco mais da historia da nossa cidade. Parabéns pelo texto e um grande abraço. Enviado por margarida p peramezza - [email protected]
Publicado em 06/03/2012 Cida, minha querida, nada melhor que perambular pela cidade à procura de história, beleza, arquitetura e tradição. Escreva mais, que o texto está maravilhoso. Um abraço. Enviado por Vera Moratta - [email protected]
Publicado em 06/03/2012 Cida, gostei do termo que não conhecia, capomastro, voce também é uma arqueóloga, isso vem provar que São Paulo ainda tem muita obra antiga a ser restaurada e visitada, abraço,Estan. Enviado por Estanislau Rybczynski - [email protected]
Publicado em 06/03/2012 Valeu Cida, mais uma oportunidade de conhecermos melhor nosa cidade.Abraços Sõnia Enviado por Sonia Maria de Paula - [email protected]
Publicado em 06/03/2012 Belo trabalho Cida, e muito importante, eu pessoalmente adoro ler esse tipo de leitura, onde a gente fica sabendo de coisas que nunca pensou. Parabéns. Enviado por Arthur Miranda - [email protected]
Publicado em 06/03/2012 Instrutiva e gostosa viagem no tempo! Parabéns! Abraço Célia Enviado por Regina Célia de Carvalho Simonato - [email protected]
« Anterior 1 Próxima »