Leia as Histórias

Categoria - Nossos bairros, nossas vidas Os maiores boleiros do bexiga Autor(a): Bixiguento - Conheça esse autor
História publicada em 04/10/2011
Como é de conhecimento de muitos, o nosso bairro foi sempre um celeiro de "boleiros", sinto-me muito orgulhoso por ter jogado com vários, muitos chegaram a ser profissionais e outros não tiveram a mesma sorte.

Para completar este comentário, gostaria de dizer que, caso houvesse uma convocação para formação de uma seleção "varzeana", nosso bairro teria a totalidade:

“Goleiros”
João Pregueiro (corintinha)
Bernardino (rubro negro)
Cabana (luzitana)
James Bahia (santos)
Renato (cruzeirinho)
Charlin (corintinha)


“Lateral direito”
Dois e Quinhentos (luzitana)
Lelé (luzitana)
Robin Wood (luzitana)


“Zagueiro central”
Liguinha (luzitana)
Galo (rubro negro)
Pedrão (luzitana)
Fumanchu (corintinha)
Ademar Alves (luzitana)

“Quarto zagueiro”
Keiko/Narizudo (luzitana)
Django (elite)
Bolachada (luzitana)

“Lateral esquerdo”
Arthur/Piteira (rubro negro)

“Médio volante”'
Marivaldo (corintinha)
Argeu/Argentino (boca juniors)
Carlinhos Pastore (rubro negro)
Pilé (corintinha)
Armandinho Alves (luzitana)
Nivaldo/Padeiro (luzitana)
Serginho/Pezão (boca juniors)
Rubião (luzitana)

“Meia armador”
Rogério/cabeçudo (luzitana)
Garrinchinha/ Porco sujo (luzitana)
Tirso (corintinha)
Testinha (luzitana)
Eliseu (cruzeirinho)
Tachinha (luzitana)
Tenórinho (santos)

“Ponta direita”
Colombinho (corintinha)
Marinho burro (luzitana)
Xixilo (elite)
Wilsinho/Bobão (santos)

“Meio direita”
Pinguinha (luzitana)
Barra (luzitana)
Chico Preto (santos)
Zazá (elite)
Celsinho (rubro negro)
Padula (rubro negro)

“Centroavante”
Pato (luzitana)
Zé galinha (luzitana)
Renatinho (corintinha)
Gulinho (santos)

“Ponta estorta”
Fidelis (boca juniors)
Lourençinho (corintinha)
Toninho/Português (rubro negro)
Roberto/Careca (luzitana)
Zé Preto (elite)

Espero que todos concordem com a nossa escalação, sei que muitos não vão concordar, vão achar que ainda faltam muitos, se não foram mencionados é por puro esquecimento meu, desculpe-me pela falta.

Um abraço a todos!


E-mail: [email protected] E-mail: [email protected]
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 26/01/2012 Amigo Caruso,voce não pode esquecer do melhor
quarto-zagueiro da Bela Vista,o saudoso
Augustinho dos Santos,abraços.
Enviado por antonio pinto alves - [email protected]
Publicado em 24/01/2012 amigo Caruso voce não pode esquecer do melhor meia
direita da Bela Vista,era o Lima do Santos da Bela Vista.
Enviado por antonio pinto alves - [email protected]
Publicado em 03/11/2011 Caruso voce nao pode esquecer do Eder Liberdade! Enviado por Antonio Pinto Alves - [email protected]
Publicado em 17/10/2011 Se meu amigo Nelson, o Pantera esta nesta e também tava lá como o "NATAL 7" do Boca Jrs. e tinha ainda o Nego, o Beto e o Gilmar, Genarino, Botinha e Carlão, Gilson I, Gilson 2, Nene e o Pantera. Essa equipe era D+.
Abração Toninho.
Enviado por Mendes - [email protected]
Publicado em 14/10/2011 Toninho. Não foi por muito tempo mas, eu também participei do 'screth' do Bôca Junior's como goleiro. Tinha o apelido de 'Pantera'. Abraços Enviado por nelson de assis - [email protected]
Publicado em 06/10/2011 Amigo toninho todos nós temos os boleiros de nossos bairros. Os meus são de Itaquera. Eles tinham algo em comum. Jogavam por amor ao time. parabéns por homenageá-los
falcon
Enviado por Marcos Falcon - [email protected]
Publicado em 05/10/2011 Seleção pra ninguém botar defeito. Principalmente os que nunca moraram no Bixiga, como eu. Parabéns, Caruso.
Modesto
Enviado por Modesto Laruccia - [email protected]
Publicado em 05/10/2011 Toninho: Nos anos 70 e 80, tive a honra de jogar com o João Pregueiro no Nacional do Caxingui. Foi o melhor goleiro varzeano que vi em ação. Ele tinha um irmão chamado Zé Luiz que também era goleiro, e assim como o João Pregueiro, hoje mora no céu. João Pregueiro fez fama de grande goleiro onde passou...Caro Toninho, deixo um forte abraço à sua prezada pessoa. ET:João nos deixou no início da década 90, e ultimamente trabalhava em Taboão da Serra. Enviado por Xico Lemmi - [email protected]
Publicado em 05/10/2011 Times do Bixiga sempre eram ben-vindos ao Itaim e Vila Olimpia, nos anos 1960. No Bixiga tinha tambem o Aristocrata Clube, uma dissidencia, do Boa Juniores, fundado por Agostinho dos Santos, que tinha seu campo de futebol em Parelheiros,em seu clube de campo, e jogava mais em campo adversario. O Aristocrata Clube era um clube da comunidade negra, onde se via muitos doutores, de diversas atividades liberais, e não impedia a entrada de pessoas de cor branca. Os anos 1960 deixou muita saudade. Enviado por Mario Lopomo - [email protected]
Publicado em 04/10/2011 Toninho, concordo plenamente com você, além de tudo mais o Bixiga foi sempre um celeiro de grandes jogadores do bom e querido futebol.
Fui Difegtor do Rubro Negro e convivi com todos esses craques da camida Vermelha e Preta (o ultimo modelo foi por mim idealizado). Apenas um nome senti faltando em sua lista, o do meu grande amigo Silvio Brunetti/XIRIBI, centro avante dos bons.
Parabéns pela seleção.
Enviado por Miguel S. G. Chammas - [email protected]
« Anterior 1 2 Próxima »