Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Festas Juninas na rua Autor(a): Alexandre Odoni - Conheça esse autor
História publicada em 20/05/2011
Lembro que, no final dos anos 70 e início de 80, costumávamos fazer festas juninas na nossa rua.

Eu gostava muito dessa época, dos milhares de balões que pontilhavam o céu, dos fogos, das bombinhas, do cheiro do quentão que se misturava com a fumaça da fogueira, que era feita num terreno em frente de casa.

Tudo era bem organizado. Cada família da rua era responsável por alguma tarefa, que podia ser: fazer o quentão, enfeitar a rua com bandeirinhas, fazer os quitutes juninos e assim vai...

Sinto muitas saudades, sempre que lembro de como éramos unidos. O termo 'vizinhança' realmente se aplicava àquela rua.

A festa durava a noite inteira, com muitas conversas, brincadeiras, balões, bombinhas e confraternização. Nesses dias eu aproveitava o máximo que podia - cada minuto era importante – pois, apesar de ser pequeno, sabia o quanto valiosos eram aqueles momentos.

Depois, quando a festa acabava e todos voltavam para casa, eu ainda ficava na rua, enfrente de casa, muitas vezes sozinho, olhando para a fogueira que ia se apagando, assim como os balões que passeavam solitários no céu de São Paulo e que pareciam tentar me dizer algo que hoje acredito ter decifrado: Apesar da chama da fogueira e dos balões sempre se apagarem, o que importa é mantermos essas memórias sempre acesas nos nossos corações.


E-mail: [email protected]
E-mail: [email protected]
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 13/06/2011 Caro Alexandre: Se eu disser que na Rua Coperema(que hoje fica no centro da Penha)nos meses de junho se faziam muitas fogueiras muita gente não acreditará, mas é a pura verdade.
Naquele tempo ela não era calçada e a maioria das casas festejavam e faziam fogueiras. Balões então, de tantos, era impossível se contar no céu. Sabe quando? nos anos quarenta, e eu era uma criança.
Hoje só restam saudades, das festas e das pessoas que já se foram.
Pantarotte
Enviado por João Eduardo Pantarotte - [email protected]
Publicado em 23/05/2011 Realmente, as festas juninas nas ruas eram maravilhosas! Ficaram as lembranças para sempre... Enviado por margarete - [email protected]
Publicado em 21/05/2011 Aqui na Vila Ede - ZN, havia quermesse para angariar fundos para a construção da igreja, era realizada nas ruas no entorno da capela, isso nos anos 60. Na quermesse havia várias barracas, até de leilão. Quem viveu essa época, não perdeu nada, isso mesmo, a Quermesse foi e ainda é uma das festas onde se reúnem muitas pessoas, entre elas, familiares, namorados, e amigos. Enviado por Almeida - [email protected]
Publicado em 21/05/2011 Participei de muitas festas juninas no Jardim Climax, e o "Sanfoneiro só tocava isso". Enviado por JCOliveira - [email protected]
Publicado em 21/05/2011 Nos anos 60 , as ruas eram de terra e todos faziam fogueiras nas ruas. Em cada esquina havia uma fogueira e o pessoal em volta, bem agsalhadinhos, com cahecol e tudo.Colocávamos batatas doces para assar na fogueira e o bule de quentão para ficar sempre quentinho.E alí ficávamos até de madrugada, olhando para o fogo e para o céu para ver os diversos tipos de balão.Infelizmente hoje tudo se perdeu, não é? Mas , pelo menos temos as lembranças, não é Alexandre? Enviado por Leila De Lorenzi - [email protected]
Publicado em 20/05/2011 Recordações aquecidas com as fogueiras e balões das festas juninas. Sem contar o vinho quente, doce de leite, de abóbora, cocada, passoca, pipocas, bolos onde todos se cotisavam. Muito gostoso. Parabéns, Odoni.
Modesto
Enviado por Modsto Laruccia - [email protected]
Publicado em 20/05/2011 ALEXANDRE, NA MARAVILHOSA "PENHA" ANOS 60 - MUITAS FOGUEIRAS PULEI, MUITAS BRASAS PISEI, MUITAS MADEIRAS AJUDEI A PEGAR PARA FAZER FOGUEIRA, MUITOS CHINEISINHOS SOLTEI, ETA TEMPO BOM, VALEU RUBÃO Enviado por RUBENS ROSA - [email protected]
Publicado em 20/05/2011 INFELIZMENTE O PROGRESSO,ACABOU COM TUDO NOS BAIRROS, HOJE SO TEMOS FESTAS JUNINAS NAS ESCOLAS. Enviado por joao claudio capasso - [email protected]
« Anterior 1 Próxima »