Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Nossa primeira TV Autor(a): Adelmo Vidal - Conheça esse autor
História publicada em 16/05/2011

Já tive a oportunidade de escrever sobre a figura de “televisinhos”, dos quais fiz parte. Relatei também sobre nossa primeira geladeira. Hoje vou contar como foi a compra da nossa primeira TV.

Estávamos em 1950, meu pai já havia falecido depois de longos anos de uma enfermidade, até aquela época, incurável, o que esgotava todos os recursos disponíveis. Eu e meus dois irmãos já trabalhávamos e minha mãe costurava para parentes e visinhas.

Chegando o fim do mês notamos que havia uma folga no orçamento que possibilitava a compra, a prestação, de nossa primeira TV. Devido à propaganda, fomos à Sears, do Paraíso.

Após escolher fomos encaminhados pelo vendedor ao setor de crédito. Nossa ficha não foi aprovada, pois era a primeira vez que iríamos comprar "a prestação" e a documentação que apresentamos era insuficiente. Saímos arrasados, mas minha mãe, mulher de fibra, não se conformou e partimos para o centro da cidade, onde havia outras lojas.

Descendo a Conselheiro Crispiniano, chegamos até a São João, altura do largo Paissandu. Ao dobrarmos a esquina, à esquerda, vimo-nos em frente a uma loja de eletro-eletrônicos, a Natal Elétrica. Paramos observando da calçada, os artigos à venda, entre eles a cobiçada TV.

Logo um senhor, vindo lá de dentro, perguntou o que estávamos procurando. Minha mãe explicou tudo, inclusive o ocorrido na Sears. Após alguns minutos de reflexão ele perguntou qual TV queríamos. Não tínhamos qualquer idéia sobre marcas. Enfim acabamos comprando uma Emerson de 17 polegadas.

Foi assim que deixamos de ser "televisinhos" e passamos a receber os visinhos e amigos para assistirmos, durante muitos anos e em preto e branco, aos programas da época. Essa é a história da nossa primeira TV.


E-mail: [email protected]

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 30/08/2011 Eu me lembro quando, em 74, meu pai trouxe da Philco (onde ele trabalhava), nossa primeira TV a cores. Era uma Philco Popcolor (17 polegadas) que o meu pai trouxe do serviço dele para acompanhar a Copa do Mundo daquele ano, que foi realizada na Alemanha.
Dois anos depois, ele trouxe da Philco para nossa casa, a segunda TV a cores. Era uma Philco Directa Color (26 polegadas) com controle remoto. Nela, acompanhei as Olimpíadas de Montreal (no Canadá) e a Fórmula-1.
Enviado por Rodinei Campos da Silveira - [email protected]
Publicado em 28/08/2011 Voces foram pioneiros!Em 1950 inaugurava-se a TV no Brasil e muito pouca gente tinha o aparelho. Enviado por celia - [email protected]
Publicado em 14/07/2011 Eu tenho uma TV Emerson 21 polegadas em pleno funcionamento aqui em casa ! Ela venho dos EUA quando eu era criança ai tivemos que transformar para ficar colorida. Bacana a história ! Enviado por Camilo - [email protected]
Publicado em 19/05/2011 A sua história me fez lembrar que o mesmo aconteceu com minha família e foi no começo dos anos sessenta. Meu pai trouxe uma TV Emerson-Telefunken 21 polegadas, comprada a prazo na R. São Caetano, aliás era ali que ele comprava quase tudo: fogão, máquina de costura e geladeira, sempre a prazo. Felicidades a você. Enviado por Almeida - [email protected]
Publicado em 18/05/2011 Um dia meu pai chegou em casa com a novidade. Acabara de comprar a nossa 1ªTV em "suaves prestações".Era uma marca nova chamada Comodoro, modelo All Aces (ou seria o contrário?), cuja fábrica ficava na Av. Liberdade perto do Centro. Devia ser mais barata que as tradicionais RCA, Admiral, etc. Quando pifava geralmente era só trocar uma válvula e pronto, nada de circuitos impressos ou chips. Ficamos muitos anos com ela até termos a nossa 1ªTV em cores,por volta de 1976,uma Sharp de 16 pol. Enviado por Tony Silva - [email protected]
Publicado em 17/05/2011 Adelmo: Quem comprou TV nas décadas 50 e parte da 60, com certeza, guardou na memória as circunstâncias daquele dia inesquecível. Comprar TV naquela epoca era mais dificil do que comprar automóvel nos dias atuais. Um abraço e parabéns pelo seu texto. (a) xico lemmi. Enviado por Francisco Lemmi Filho - [email protected]
Publicado em 17/05/2011 A nossa primeira Televisão foi uma Windsor importada da Inglaterra, meu pai comprou em janeiro de 1957, e durou até 1974. Já em 1970 a imagem não era muito boa e eu ia assistir os jogos da copa na casa do vizinho que tinha uma Philco, imagem preto e branco muito nítida.Já na copa de 1974 resolvemos comprar outra. Foi uma Philco e em 1981 comprei uma Sânio em cores que ficou em casa até 1989 quando ladrões, não sei quantos, pois estávamos no banheiro a pedido deles, levaram ela e outros objetos. Enviado por Mario Lopomo - [email protected]
Publicado em 17/05/2011 Simplesmente maravilhosa sua crônica! Parabéns! Nossa primeira Tv era uma Videobel, comprada na década de 70, na loja do Turco, na Praça Ana das dores, Cidade A.E.Carvalho-sp.Um enorme carnê para pagar e nós assistindo tudo em preto e branco, mas numa felicidade inefável.. Enviado por LUIZ CARLOS DA SILVA - [email protected]
Publicado em 17/05/2011 A primeira TV em casa meu pai comprou em 1955, numa loja do Braz, se não estou enganado, Lojas Mignon. Era um conjunto, RÇA Victor, Rádio, Vitrola e TV de 17 polegadas. Foi a maior alegria quando entregaram. Deixamos também de ser televizinhos, Adelmo, a família toda vinha em casa assistir, dias de semana, sábados, domingos, era uma alegria. Tempos gostosos de recordar. Enviado por Pedro Luiz Boscato - [email protected]
Publicado em 16/05/2011 Um relato gostoso de se ler onde a determinação ocupa o foco principal. Um abraço, Enviado por Trini Pantiga - [email protected]
« Anterior 1 2 Próxima »