Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Um vão misterioso na Praça Castro Alves Autor(a): Adamantino Soares - Conheça esse autor
História publicada em 14/09/2010
Lá pelo final da década de 50, nas imediações da Praça Castro Alves, ainda havia dois casarões, daqueles típicos de cafeicultores da aristocracia da Avenida Paulista. Os casarões eram separados apenas por um vão escuro que me angustiava por ser um enorme mistério: a que lugar levava aquele vão? O que separava aqueles dois casarões?

Ouvi as mais diferentes histórias. Escutei até que uma das famílias escondia fugitivos da guerra lá. Mas finalmente descobri a verdade: no fundo do vão, atrás de um limoeiro, escondia-se o primeiro bar de lésbicas de São Paulo: o "Sappho de Lesbos".

Nenhum mistério, nenhum fugitivo de guerra, apenas o refúgio de um grupo que hoje não precisaria mais se esconder, mas que, certamente, adoraria a sombra de um limoeiro que a cidade não iria esconder por muito tempo.

E-mail: [email protected] E-mail: [email protected]
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 20/09/2010 Adamantino. Onde fica a praça Castro Alves, em São Paulo. Não consigo achar! Abraços. Larry. Enviado por Larry Coutinho - [email protected]
Publicado em 19/09/2010 Sr.Soares, a palavra mistério já nos atrai para a leitura. O mistério era o que impunha a própria sociedade. A avenida paulista hoje é o itinerário de um orgulho, que tenta apagar o passado, ou não? Parabéns! Abraço. Bernardi. Enviado por Ernesto Bernardi - [email protected]
Publicado em 18/09/2010 É mais um ambiente que saiu de sua 'clandestinidade' e veio para a luz da 'legalidade'
- rsrsrsrsss. Abraços
Enviado por nelson de assis - [email protected]
Publicado em 15/09/2010 HOJE E NORMAL, OS BARES GLS, MAS OS FAMOSOS NÂO EXISTEM MAIS, FERRARETO, BOCAGE, MEDIEVAL,NUIT DOR, MASSIVO ETC<< Enviado por joao claudio capasso - [email protected]
Publicado em 15/09/2010 Mais um mistério desvendado pela equipe do SPMC, capitaneada pelo Adamantino Soares. Realmente, Adam, hoje em dia esse "mistério" não passaria de se saber o que pesa mais, um quilo de chumbo ou um quilo de algodão. É só receber os dois na cabeça que vc. descobre. Parabéns pelo texto, Soares e desculpe a brincadeira.
Laruccia
Enviado por Modesto Laruccia - [email protected]
« Anterior 1 Próxima »