Leia as Histórias

Categoria - Nossos bairros, nossas vidas Lembranças do Bairro da Penha Autor(a): Adeimar Vicente Santana de Toledo - Conheça esse autor
História publicada em 18/01/2010
Nasci e morei no bairro da Penha na Rua Henrique de Souza Queirós. Morei aí até 1954, quando com 15 anos passei a residir em Mogi das Cruzes, onde estou até hoje. Fiz o Curso Primário no Externato São Vicente de Paulo, dirigido pelas Irmãs Vicentinas. A Diretora da minha época era a Irmã Clara.

Na minha infância tive vários amigos. Brincávamos na rua e num campinho, onde hoje está localizada a Escola Estadual da Penha. Dentre meus amigos recordo de alguns. Olavo Fanganielo de Camargo, Cartola, Tuta, cuja família tinha uma indústria de vasos na Rua Padre Benedito Camargo.

Tínhamos como vizinhos a família do senhor Cosmo Fanganielo, avô do meu amigo Olavo e a família do senhor Elias Mustafá Tubagi, pai das minhas amigas Fátima, Sumaia e Leila. Na minha rua havia o consultório do médico Dr. Jacy Barbosa, um ótimo médico.

Na Rua da Penha havia uma farmácia onde trabalhava um excelente farmacêutico, o senhor Arlindo. Lembro também do Bazar São José de propriedade do senhor José Bustamante. Do Bazar Soares, das lojas de artigos religiosos do Largo do Rosário. Dos Cines Penha, Júpiter e São Geraldo.

Lembro também do Hospital das Bonecas, do Empório Rossi e do F. Monteiro. Quero ainda registrar minha alegria, pois em várias oportunidades que passei pelo Largo da Penha via o grande jogador Júlio Botelho em uma das padarias e sempre com um belo sorriso para com as pessoas que por ali passavam. Excelente jogador de futebol e ótima pessoa. Grandes lembranças do Bairro da Penha.


E-mail do autor: [email protected] E-mail: [email protected]
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 28/08/2011 Oi,Adeimar. Também sou da Penha. Lendo os comentários senti saudades dos velhos tempos.
O farmacêutico que sempre me socorria era o Aldo, na esquina da Rua Caquito, até eu me casar...Devo muito a ele!
Hoje moro em Ribeirão Preto mas a Penha está sempre no meu coração e na minha memória...
abraços
célia
Enviado por Regina Célia de Carvalho Simonato - [email protected]
Publicado em 15/12/2010 Oi, Regina. Obrigado pelo comentário. Após o mesmo estou sempre visitando a Comunidade Penha de França. Tenho visto vários tópicos. Estou gostando muito. Abraço do Adeimar. Enviado por Adeimar Vicente Santana de Toledo - [email protected]
Publicado em 09/10/2010 Gostei da história real...Como era boa a nossa infancia e adolescendia ...sai da Penha aos 17 ANOS...mas o Colégio Estadual foi marcante... Enviado por maria teresa - [email protected]br
Publicado em 28/06/2010 Senhor Adeimar. Sou moradora do bairro Penha e nunca morei em outro lugar. E por isso, tenho grande carinho por este lugar que vi se modificando ao passar do tempo. Por isso, criamos uma comunidade no orkut cujo nome é PENHA DE FRANÇA. E após algum tempo, resolvi postar fotos novas e antigas. Caso o senhor queira relembrar, por favor, entre para nossa comunidade que tenho certeza irá se deliciar com as fotos. Um grande abraço. Enviado por Regina - [email protected]
Publicado em 10/04/2010 Bazar Soares - lembro com que dificuldade meus pais compravam material escolar para mim e minhas irmãs!!!!só saudades. Enviado por David Rodrigues Anunciado - [email protected]
Publicado em 20/03/2010 Oi Regina.
Li seu comentário com muita emoção porque o farmacêutico senhor Arlindo, funcionário da farmácia de seu pai, foi um dos responsáveis pela salvação de minha vida aos 10 anos de idade quando tive tétano e esse querido senhor vinha todos os dias a minha casa aplicar as injeções receitadas.
Acredito que a decidona atrás da farmácia era a rua da minha casa. Abraços do Adeimar.
Enviado por Adeimar Vicente Santana de Toledo - [email protected]
Publicado em 16/03/2010 Que alegria ouvir isto, lembro-me como se fosse hoje do seu Arlindo, que era funcionário do meu pai Walter na Drogapenha embaixo do bigben do Bustamente.Quanta saudade do Parque de Diversões que ficava no Largo do Rosário,dos cines citados que eram de um primo de meu pai, Carlos Ximenes, das corridas de carrinho de rolimã na descidona atrás da farmácia, da minha cachorra Suzuki, da padaria do seu Manoel, de meu avo trabalhando no dispensário, de meus amigos do Colégio Oswaldo Cruz comigo lá. Enviado por regina canhoni - [email protected]
Publicado em 01/02/2010 ESQUECI NA PENHA TINHA UMA FIGURA MUITO CONHECIDA, ÉRA O DR.LUIZ GUGURRA/OFTAMOLOGISTA/ALI NA RUA DO ESPORTIVO DA PENHA, ELE TAMBEM FOI MÉDICO NO CLUBE ESPORTIVO, ALGUNS DIZIAM QUE ELE ÉRA UM PICARETA,APAGAVA ATÉ INCENDIO,E QUE NEM ÉRA FORMADO, MAS NÃO TENHO QUEIXA DELE,SEMPRE ME TRATOU MUITO BEM, ACHO QUE JÁ FALECEU. RUBÃO Enviado por RUBENS ROSA - [email protected]
Publicado em 23/01/2010 OLÁ AMIGO TB NASCI NA PENHA VILA SALETE, ESTUDEI NO EXTERNATO SAO VICENE DE PAULO, NO ANO DE 64, CUJA DIREÇAO ERA DA IRMÃ MARIA CLARA. ONDE É O SHOPING PENHA ERA UM TERMINALDE ONIBUS. MTO GOSTOSO. ERAMOS FELIZES E NAO SABIAMOS. MORO AQUI ATÉ HOJE. TENHO 52 ANOS. FUI MTO AOS BAILES DO ESPORTIVO DA PENHA, GDE BAILES. FIQUE COM DEUS. VAMOS RETORNAR A MATAR NOSSAS SAUDADES, ENTRE EM MEU EMAIL. ABRÁÇOS FÁBIO SENISE. Enviado por FÁBIO SENISE - [email protected]
Publicado em 20/01/2010 OI ADEIMAR-EU ÉRA GAROTO, MEUS PAIS TINHAM UMA CHACARÁ NA AV.GABRIELA MISTRAL, E AOS DOMINGOS EU AJUDAVA MEU PAI EM FRENTE A FARMÁCIO DO SAMPAIO/FINAL DA RUA PENHA DE FRANÇA-A VENDER VERDURAS,E NOS DIAS DE SEMANA EU VENDIA DE PORTA EM PORTA COM UMA CESTA DE VIME-TENHO MUITA ORGULHO E HONRA DE TER FEITO ISSO,ABRAÇOS RUBÃO Enviado por RUBENS ROSA - [email protected]
« Anterior 1 2 Próxima »