Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Minha Infância no Bairro da Penha Autor(a): Adeimar Vicente Santana de Toledo - Conheça esse autor
História publicada em 18/12/2009
Nasci e passei a minha infância no centro do bairro da Penha, Rua Henrique de Souza Queiroz, quase ao lado da atual escola estadual. Estudei o Curso Primário no Externato São Vicente de Paula. A diretora na época chamava-se Irmã Clara.

A nossa turma brincava no campinho onde hoje está a escola estadual. Tinha vários amigos e tenho muitas saudades desse tempo e principalmente de meus vizinhos os irmãos Olavo e Ivete Fanganielo de Camargo e das irmãs Fátima, Sumaia e Leila Mustafá Tubagi.

Em 1955, aos 15 anos passei a residir no município de Mogi das Cruzes, onde estou até hoje aos 69 anos de idade. Um forte abraço a todos apreciadores do site.


E-mail do autor: [email protected] E-mail: [email protected]
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 31/12/2013

Caro Adeimar, o site tem possibilitado o acesso a novas amizades, estamos já trocando e-mails com mensagens e comentários, é maravilhoso ter esse canal.

Passando por aqui, lendo sua primeira historia para lhe desejar boas festas e conhecê-lo um pouco mais e também os comentaristas, estes muito ligados no tema. É Maravilhoso!!!

Enviado por Clesio de Luca - [email protected]
Publicado em 26/05/2012 No Caetano Cortelli tínhamos a disputada e esperada classsificação mensal dos alunos. Terminadas as provas mensais, o secretário do Colégio publicava as médias das notas obtidas e a lista dos 10 primeiros colocados. Durante quatro anos, com muito orgulho, disputei com o Rubens Rodrigues de Sá, aluno brilhante, o primeiro lugar da classe. Ao final dos quatro anos não me lembro quem venceu, mas o importante foi competir.
Pude conviver com Sebastião Bolsanelli, Cid Meira Sampaio,José Bernal, etc.
Enviado por wiliam josé michelotti - [email protected]
Publicado em 15/05/2012 Realmente o Caetano Cortelli sempre será um marco na vida dos penhensses e, particularmente na juventude dos anos 60 na Vila Aricanduva. Foi ali, no Cortelli que fazíamos nossas festas juninas onde estavam presentes; Reny Bergamo, Boné, Jair Dib, Norberto Lopes, Silvio Kishimoto Tamura,Prof. Salvador, o grande Professor Barreto, Prof. Gilberto Padovese, "Salim, Juarez, Bidico, Alonso, Mario Pirtani, Rominha, Fatima Moncayo, enfim uma turma que só dá saudade. O Cortelli foi um LAR. Enviado por Wiliam Michelotti - [email protected]
Publicado em 15/02/2012 Até os 23 anos de idade morei na Vila Aricanduva, na Rua Suzano Brandão. Estudei no Colégio Caetano Cortelli no período de 1961 a 1.966. Foi ali que conheci, namorei e me casei com Selma Maria Moura Campos. Estudei no Colégio Dante Aluiguieri (1967/1968) e no Colégio Mackenzie (1.969) Posteriormente concluí curso superior na Faculdade Paes de Barros (hoj eUniversidade Capital em 1.974) Nesse ano me mudei para São José dos Campos onde conheci minha esposa atual Vera Lucia. Enviado por Wiliam josé Michelotti - [email protected]
Publicado em 22/04/2011 Também estudei no Colégio Caetano Cortelli, de 1968 a 1969, estudei de manhã, jogava no time "Bate Fácil", tínhamos uma turma maravilhosa, amiga e unida. Há tantos amigos inesquecíveis daquela época, q não mais encontrei e também tantas amigas, até minha paixão na época, saudades de uma turma tão boa, divertida e feliz. Hoje sinto muita saudades deste colégio, de tudo q nestes dois anos viví alí........ Amaury. Enviado por Amaury Sidney Lorenti - [email protected]
Publicado em 04/04/2011 Moro na Vila Aricanduva, onde existia o Caetano Cortelli, estudei nos anos de 1968 e 1969, saudades daquela escola, dos professores, dos diretores, dos amigos e amigas. Adorava também as aulas de educação física, do campeonato de futebol, nosso time, sempre campeão era o "Bate Fácil, claro q na turma da manhã, porque na turma da noite tinha uma seleção......... Enviado por Amaury Sidney Lorenti - [email protected]
Publicado em 21/01/2011 morei na penha a 45 anos atras ze bustamante da loja de disco o filho ze tocava em uma banda e fazia ensaios em cima da loja com mais doisamigos e o michel do posto de gazolina foi uma epoca maravilhosa tinha 15 anos hoje tnho 60 Enviado por nadma - [email protected]
Publicado em 21/01/2011 morei na penha a 45 anos atras ze bustamante da loja de disco o filho ze tocava em uma banda e fazia ensaios em cima da loja com mais doisamigos e o michel do posto de gazolina foi uma epoca maravilhosa tinha 15 anos hoje tnho 60 mas nao esqueco esse baIRRO TAO QUERIDO AVENIDA PENHA DE FRANCA ERA O LUGAR q encontravamos nossas os amigas domino assistiamos a banda do ze q tocava tudo dos beaTLES faziam shous no esp club da PENHA ONDE TAMBEM ERA SOCIA etou muito felis com este sit Enviado por nadma - [email protected]
Publicado em 21/01/2011 GOSTEI MUITO DE SABER DESSE SITE AMO A PENHA ESPERO LER MAIS HISTORIAS Enviado por NADMA HAZURE - [email protected]
Publicado em 18/10/2010 Minha familia veio do interior e se estabeleceu na Penha em 1962. Morei na Rua Major Angelo Zanchi, proximo às paineiras e depois mudei-me para rua Irapucará, onde fiquei até me casar, em 1984. Estudei no GE. Santos Dumont, e no SESI quando foi inaugurado na antiga FOZ, onde hoje é o Shopping. Estudei tambem no Caetano Cortelli e no Pe. Antão. Assistia jogos do EC R.Branco e América. tive vários times de fusal jogando na quadra do América. Hoje tenho 57 anos e continuo com vários amigos na Penh. Enviado por Silvestre Levi Sampaio - [email protected]