Leia as Histórias

Categoria - Nossos bairros, nossas vidas Vila Maria baixa - Igreja da Candelária Autor(a): Luiz Ramos - Conheça esse autor
História publicada em 17/05/2006
Nos anos 70, a Vila Maria baixa era meu lugar preferido em São Paulo. Aquela velha Guilherme Cotching, arborizada, bonita; a praça Santo Eduardo e lá no fim da rua a Igreja da Candelária me transmitiam uma sensação de segurança. Aparentemente, nada mudou tanto assim, porém, quando observamos atentamente velhas fotografias, percebemos que mudou sim e mudou muito.
Tudo muda e isso é o natural da vida, claro; O importante é que não caia no esquecimento.
Uma coisa que gostava no bairro eram os nomes das ruas, ou da maioria delas, como Araritaguaba, Amambai e outras com nomes assim, exóticos (claro que a garotada em fase de alfabetização devia sofrer muito com isso). Não gosto de ruas com nome de pessoas, prefiro nomes mais criativos.
Esta Vila Maria de que falo, com a Praça Santo Eduardo ao centro, era a artéria principal, o cartão de visita pós-Tietê, para quem se dirigia à Vila Conceição, Jaçanã, Parque Novo Mundo etc. É claro que havia muitos outros caminhos, mas era o mais gostoso,embora, talvez, não fosse o mais prático, como não é hoje.
Se eu fosse fazer um mapa dos pontos que me trazem saudade em São Paulo, traçaria esse mapa a partir de rua Catumbi, cruzaria a ponte da Vila Maria (rebatizada com outro nome, mas o nome original é que está no coração do povo), seguiria a Guilherme Cotching até a candelária. À esquerda, a Sociedade Paulista de Trote; à direita, aquelas ruas todas que desembocam na Dutra. O campo da FRUM.
Avenida Conceição; das Cerejeiras; Cosmorama; Praça da Alegria; Roland Garros; Luiz Stamat.
Aí, alguém me diria, mas este mapa existe; estas ruas estão lá. Porque não as visita?
E eu responderia: Estão mas não estão; são mas não são, ou eu que já não sou?
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 21/07/2012 Luis que oportunidade maravilhosa de abrirmos a gaveta de nossas memórias e remexermos em nossas lembranças de tempos que nos embalam o coração com a ternura de colo de mãe. A mãe Vila Maria que somente os corações sensíveis podem sentir este acalentar de sonhos deliciosos de uma infãncia onde eramos todos muito felizes e não sabiamos. Saudades de todas estas histórias que nos fazem reavivar a memória de tempos glamourosos em meio as ruas barrentas onde enterravámos os nossos saltos. Enviado por cristina costa - [email protected]
Publicado em 13/07/2012 Bem continuando,rsrsrGostaria muito de reencontrar o Ney que morava na cosmorama,pois devo desculpas para ele,Ele estava ao meu lado na hora que mais precissei de um conforto,qdo perdi uma amiga (faleceu)e não soube reconhecer.Não me lembro o nome dele,mas conhecia ele por Ney.Tinha um irmão que curtia muito os bailes,Sant Luiz,pop corn,neon club,entre outros,Caso alguem conheça me escreva,obrigada Enviado por katia - [email protected]
Publicado em 09/07/2012 Nossaa,estou com lagrimas nos olhos de me lembrar dos tempos bom que vivi na Vila Maria.Como sinto saudadesss.Bem hoje tenho 40 anos mas de vez enquando ainda volto na vila,mas ñ consigo encontrar ninguem.Bem estudei no Sesi,Itauna e João Vieira.Tinha umas amigas que andavamos sempre juntas Roseli,Luciana etcEssas é que me lembro mais entre outras,esqueci o nime de outras duas que andava conosco.Iamos na Sat Luz,Cobrão,Pop Corn,entre outros.As Vezes cabulamos aula para ficar passeando. Enviado por katia - [email protected]
Publicado em 26/06/2012 Eu me lembro do Dom e do BR
O dom,se não me engano ficava na rua Maria Candida,proximo onde hoje é a Uniban,era um lava rapido que a noite se transformava em lanchonete.
O Br era na marginal do Tiete,entre as pontesVila Maria e Vila Guilherme,era o ponto de encontro da moçada,nesta epoca frequentavamos o Br,com nossas motinhos 50 cilindradas.Lembro-me também da Casa do Estudante,Das festas Juninas do Paulo Egidio,da exposiçaõ Cliper onde hoje é a Marabras,das famosas calças boca de sino feitas no Tomazin,dos bailes de formatura no Circulo Militar,Aeroporto,esporte Clube Pinheiros,dos bailes do Cepa no Tatuapé,do Cine Centenario(roberto Carlos em ritmo de aventura)Cine Candelaria(Romeu e Julieta).
Lembram-se do lanterninha do cine Candelaria que uasav uns oculos verdes com a lente bem grossa,da padaria Yara,hoje Bonanza,das lojas Gloria,da padaria Evora,do Arakem Magazine,da pastelaria ao lado da Drogasil,das irmãs loirinhas que moravam em cima da Drogasil,dos Bet Boys (futebol de salão) jogava na esquina da rua Guaranesia ,com a rua da Gavea,em frente a Datilografia da dona Mocinha,de escorregar no morro do lado da Candelaria,do zoologico do Agenor,do parquinho infantil ,na praça Santo Eduardo,da pizzaria do Klelio,do Almeida,do bar da dona Rita em frente a Drogasil e seu neto Luisinho,do seu Americo na esquina da rua da Gavea,da lanchonete Snach,onde o Edson canhoto era o dono junto com o Armando,da padaria Vista Alegre,dos bailes do Samuel Gonçalves ,do Norte Sul danças,do bazar do Nono,da dona Dora,do Cartorio ao lado do João Vieira,das serventes do João Vieira,dona Josefina,dona Olinda,dona Geni,Dona Luiza(minha mãe)
do sr.Paulo,do sr Dorval do Neolatino,Da pastelaria ao lado,do Helinho da imobiliaria ,do Wiliam do Jolitem,das domingueiras do Vila Maria,com os conjuntos"Os lobos" "Dimensão 5" 'Super Som TA"Os Pholhas"etc.etc.etc(esses comentarios foram feitos por jose correcher)

Boas lembranças ...
viví todos esses momentos bons ....que maravilha ...vc tem boa memória ...eu não me lembrava o nome de muitas pessoas ou lugares assim como vc ....
eu morava lá na av. gulherme cotching nos fundos de uma loja de venda de discos e concerto de tv em frente ao bradesco onde é a cacau show hoje... eu e minha irmã isabela sempre andavamos por alí e tb fazíamos parte do grupo de jovens da igreja candelária (MOJIC)
Enviado por sandra tomboly - [email protected]
Publicado em 01/06/2012 la embaixo da quadra, tinhamos os bailes da nadir figueiredo, tive um romance com a princesa, ia ao bar do Arthur na rua andarai tenho e tive muitos amigos ai na vila maria e tenho muitas saudades de todos me procurem um grande abraço. Enviado por beltran - [email protected]
Publicado em 01/06/2012 Avida é construida nos sonhos e concretizada no amor, tenho 57anos, mas tive uma infancia muito feliz ai na vila maria estudei na decada de 60 na escola prof. Florinda Cardoso na rua itauna terminei o primari em 1967., me recordo das festa juninas em que eu e uma menina chamada Pilar puxavamos a quadrilha do seu Joao por varios anos, me recordo das brincadeiras ao redor da escola com as meninas e o jogo de bola no campinho, ainda me lembro que aos domingos iamos ao colegio do Sion dançar Enviado por beltran - [email protected]
Publicado em 31/05/2012 Olá, são tantas história e tantas lembranças que resolvi escrever novamente. Morei na Rua Alberto Moreira Batista Filho e depois na Rua Secundino Veiga, entre os anos 79 e 2000, tenho ótimas lembranças e muita, mais muita saudade dos meus amigos de infância, lembro do Fabiano(bano), do didi, do Vanderlei, do Silvinho, do Nil, Deyse (filha do isais), Emilia, Mariana, Aninha, Cesar...e muitos outros que se for colocar aqui...Estudei no Lael de Moura Prado de 80/88, naquela época o ensino ainda era levado a sério, tinhamos que aprender ou repetiamos de ano, hoje isso é muito diferente. è bom saber que tantas pessoas lembram e guardam a querida Vila maria na memória. Enviado por gilberto alves - [email protected]
Publicado em 31/05/2012 A Ana paula escreveu que estudou na Lael e estudou com o prof. Euclides, tb estudei lá até 89, ótimas lembranças. Enviado por gilberto alves - [email protected]
Publicado em 28/05/2012 Nossa, só hoje li esta estória, e realmente bateu uma saudades dessa epoca.Nasci e me criei na Vila Maria, estudei no Horaciom Lafer e depis no Paulo Egidio de 70 a 78, lembro muito dos professores Valdevino,Etuko,Marina,Vidal e do Toledo(Fisica), dos bailes no mês de Junho no Paulo Egidio e no SION, da lanchonete Caneca AZUL, do DIZZY, das missa das 11 na Candelaria,nossa quanta coisa boa!!Ainda bem que continua na minha querida Vila Maria!! Enviado por Rita - [email protected]
Publicado em 18/05/2012 Hoje à procura de amigos do grupo escolar EEPG Prof Florinda Cardoso, na Rua Itauna , n.748 Vila Maria, Nos anos de 1970 a 1979 estudei nessas escola, fico Muito Feliz de encontrar comentarios sobre a Nosso bairro, nasci em 1.964 na rua Amambai, tenho lembranças de infancia, meus olhos se encantaram ao ler tantos depoiemntos sobre pessoas que viveram e passaram coisas boas, tenho saudades de tudo na vila, procuro meus amigos nas quais alguns mudaram de Cidade ou talvez tambem nao teem a oportunidade de encontrar algum espaço pra divulgar seus dep.Quero reencontrar meus amigos de infancia e de escola, tenho saudades de vcs.
Hoje moro no bairo de Tucuruvi desde 1987, mas nao deixo de voltar a Vila pois tudo isso me faz recordar. Bjs á Todos.
Enviado por Sara - [email protected]