Leia as Histórias

Categoria - Nossos bairros, nossas vidas Vila Maria baixa - Igreja da Candelária Autor(a): Luiz Ramos - Conheça esse autor
História publicada em 17/05/2006
Nos anos 70, a Vila Maria baixa era meu lugar preferido em São Paulo. Aquela velha Guilherme Cotching, arborizada, bonita; a praça Santo Eduardo e lá no fim da rua a Igreja da Candelária me transmitiam uma sensação de segurança. Aparentemente, nada mudou tanto assim, porém, quando observamos atentamente velhas fotografias, percebemos que mudou sim e mudou muito.
Tudo muda e isso é o natural da vida, claro; O importante é que não caia no esquecimento.
Uma coisa que gostava no bairro eram os nomes das ruas, ou da maioria delas, como Araritaguaba, Amambai e outras com nomes assim, exóticos (claro que a garotada em fase de alfabetização devia sofrer muito com isso). Não gosto de ruas com nome de pessoas, prefiro nomes mais criativos.
Esta Vila Maria de que falo, com a Praça Santo Eduardo ao centro, era a artéria principal, o cartão de visita pós-Tietê, para quem se dirigia à Vila Conceição, Jaçanã, Parque Novo Mundo etc. É claro que havia muitos outros caminhos, mas era o mais gostoso,embora, talvez, não fosse o mais prático, como não é hoje.
Se eu fosse fazer um mapa dos pontos que me trazem saudade em São Paulo, traçaria esse mapa a partir de rua Catumbi, cruzaria a ponte da Vila Maria (rebatizada com outro nome, mas o nome original é que está no coração do povo), seguiria a Guilherme Cotching até a candelária. À esquerda, a Sociedade Paulista de Trote; à direita, aquelas ruas todas que desembocam na Dutra. O campo da FRUM.
Avenida Conceição; das Cerejeiras; Cosmorama; Praça da Alegria; Roland Garros; Luiz Stamat.
Aí, alguém me diria, mas este mapa existe; estas ruas estão lá. Porque não as visita?
E eu responderia: Estão mas não estão; são mas não são, ou eu que já não sou?
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 03/04/2013 Nossa quantas saudades da "Minha Vila Maria"!!!Passei vários anos da minha vida lá, moravamos eu, meu pai, o "AZEVEDO" da farmácia do SR. MARIO na Praça Montessori, o qual a gente deve muita gratidão, a minha mãe Sênia e a minha irmã Camila que faleceu em 2011, muitos acho que ainda nem sabem disso!!!!Lembranças boas da escola Tamandaré, da padaria Bole-Bole,do Colégio Mario Quintana onde trabalhei de 2000 a 2003, do escritório TINARI, das amizades, FELIZ em relembrar tantas coisas!! Enviado por Viviane - [email protected]
Publicado em 02/04/2013 não sei quem é esta pessoa q fez esse comentario, mas digo que era assim mesmo o mapa ela só esqueceu de dizer que na praça santo eduardo do lado direito de quem ía para a igreja tinha o que se chamava na época um parque infantil , onde as crianças ficavam para as mães trabalharem , eu estive nele, passei bons anos da minha infancia lá e infelismente não me lembro dos sobrenomes de minhas amiguinha daquela época que eram entre outras, Luzamira e cleusa, gostaria muito deencontra-las Enviado por margaret - [email protected]
Publicado em 18/03/2013 Quero estudar primeiro
colegial a noite tem vaga
pra noite
Enviado por weverton - [email protected]
Publicado em 03/03/2013 Morei no final da Conceição. Estudei no Lael de 88 a 92, e tenho muitas saudades, me lembro da Dna Sônia diretora, dos professores Florisvaldo, Dna Júlia, Dna Rosa, Dna Meire e tantos outros, saudades dos amigos de infância, Rodrigo, Eric, Tegs, Lobinho, Lilian, Andréia, Henrique, Maurício e Márcio,Luciana e tantos outros que não recordo o nome, saudades do futebol no campo dos bombeiros e empinar pipas, tempos maravilhosos que não voltam. Enviado por Marcio Rodrigues Ferreira - [email protected]
Publicado em 28/02/2013 Gente, sem querer achei este site e voltei ao passado pois comecei a ler os depoimentos que perdi o sono e varei a noite. Me identifiquei com alguns depoimentos como muitos nasci onde eu morava na R. Thomas Speers, 41 mudei para Guarulhos aos 17 anos. Estudei no conhecido como Itaúna, fiz admissão no Sesi que ficava dentro do colégio Sion, fiz o ginásio no João Vieira. Participei do Mojic na Candelária com Roberto Carlos como a Miriam comentou que na época acho que era namorada dele, não só amiga. Tinha também o Celso, o Luis a Deusa. Alguém comentou também do Zé loiro acho até que é o mesmo do João Vieira, fizemos um amigo secreto na escola e ganhei uma mini-blusa (muito usada na época) dele. Como eu disse não consegui dormir, sonhei literalmente acorda. Pessoal um beijo no coração de todos que amam esse lugar como eu, a terra onde nasci. Enviado por Maria Cristina - [email protected]
Publicado em 20/02/2013 nasci na vila maria rua do zoologico a 51 anos atras sai de la com 8 anos de idade moro em guarulhos, mas não esqueço aquele lugar. Enviado por valter mendes honorato - [email protected]
Publicado em 20/02/2013 Esse é meu bairro Vila Maria Baixa, tá tudo áqui do mesmo jeito, as pessoas e que se mudaram, e eu também preferia os nomes de ruas anteriores como caeté. Hoje esse bairro não tem muito lugar pra mim que nasci aqui. Tá todo invadido, desrespeitados os antigos moradores, o que é uma pena. Enviado por Maria Rita - [email protected]
Publicado em 18/02/2013 Morei durante 20 anos na Vila Maria Alta, mais precisamente na Av. Alberto Byington, bem próximo à Praça Cosmorama, hoje moro em Salvador mas pretendo voltar a morar na Vila Maria em breve.

Foram tempos inesquecíveis; estudei no Sion e no Colégio Paulo Egydio. No Sion participei da primeira formação do time de futebol de salão, eramos eu (Hélio), Osvaldinho, José Maria, José Marrenho, Mário Tinôco, etc. A nossa técnica era a Irmã Dina, o time era imbatível, ganhavamos de todos os adversários, inclusive do Star.

Depois no Colégio Paulo Egydio participei da seleção, com alguns colegas que me lembro, não todos, isso foi de 1967 a 1969, Morgado, Vagner Tiago, Nêne, Valtinho, etc.

Joguei tb futebol de salão e futebol de campo no Duque de Caxias, quem se recordar de mim, loirinho mirrado vai reconhecer que eu era bom de bola.

Em frente de casa havia um campinho de terra, hoje um bonita praça, onde jogavamos bola, empinavamos maranhão, peixinho, soltavamos balões, jogavamos pião, gude, etc. Não havia internet, shoppings centers, tv a cabo, ou seja, nada do mundo moderno e pouquíssima violência.

Gostaria de manter contato com os colegas que citei além de outros tais como: Wismar, Caio, Claudião, Valentim, Carlinhos, Luis Carlos Monteiro (ator mirim da TV Tupi), Darcy (careca)e quem mais se lembrar de mim.

O meu e-mail é: [email protected]

Abraços,

Hélio Ortega.
Enviado por Hélio Ortega - [email protected]
Publicado em 17/02/2013 Que saudades. Por favor que estudou na escola José Maria Reys em 1072 a 1080. Entra em contato com meu email, deixe recado B. Fui a melhor goleira de randebool da época e gostaria de rever meus colegas que não esueço. Abraços a todos e principalmente a Vila Maria que não será esquecida jamais. Enviado por solange cardozo - [email protected]
Publicado em 11/02/2013 Que saudades tenho deste bairro Vila Maria na qual morei 19 anos,e depois mudei-me para a cidade de Tiradentes em Minas Gerais.







Quero mandar meus parabens a este sr.pela sua historia sobre o bairro de Vila Maria,e a sua lembrança sobre a Igreja de Nossa Senhora da Candelaria,a qual atuei por longos 19 anos.
MEU ENDEREÇO PARA CORRESPONDENCIA:-RUA FRANCISCO PEREIRA DE MORAES,284-TIRADENTES-MG.CEP.36325-000
CX.POSTAL,15
Enviado por jose antonio penteado - [email protected]