Leia as Histórias

Categoria - Personagens Professora Olga Pieroni Bizzarro Autor(a): Dalva - Conheça esse autor
História publicada em 02/09/2008
Do ano de 1974 a meados de 1978, estudei na E.E.P.G. Luis Antônio Fragoso.

Dentre alguns professores que tive (Emilia, Syrlene Leite de Macedo, Cleide Terezinha, Heloisa Helena, teacher Leila, que mora no bairro do Belém), tem sempre um que se destaca. No meu caso, é a professora Olga Pieroni Bizzarro.

Ela era bem rigorosa e, muitas vezes, nos tratava como adultos, ao invés de crianças. Ela explicava somente uma vez e tínhamos que entender; senão, levávamos puxões de orelha bem doloridos. Nas férias de julho, tinha lição para casa: dez vezes cada taboada; dez cópias de cada texto escolhido por ela; muitas contas de adição, subtração, divisão e multiplicação.

Eu tinha muito medo dela. Por isso, na época, eu tive um problema seríssimo na bexiga, porque a Profa. Olga não deixava os alunos saírem da sala de aula para irem ao banheiro - somente na hora do intervalo. Por ela ser muito rigorosa, provocava medo e vontade de ir ao banheiro. Teve até um aluno que urinou na sala de aula.

Teve uma pessoa que falou para eu não ter medo, porque ela era uma sofredora: por ter vivido no regime militar, ela levava algum sentimento ruim para a sala de aula. Mas eu não entendia, só tinha medo.

Gostaria de ter notícias dela. Hoje entendo como essa professora era muito esperta e inteligente.

e-mail do autor: [email protected]
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 26/02/2009 Cara Dalva,

Pelo que me lembro, ela era rígida sim, mas para o bem dos alunos....

E não era somente ela que era assim não. A maioria dos professores agiam da mesma maneira.

Apesar das broncas e "puxões de orelha", os alunos dessa época realmente aprendiam e não como hoje que, existem alunos que na 5a série, ainda não sabem ler e escrever, graças a aprovação automática.

Além do mais, em nossa época, os alunos obedeciam e tinham respeito pelos pais, professores e mais velhos.....
Enviado por Marcos - [email protected]
Publicado em 26/02/2009 Os professores de hoje, tem medo dos alunos, pois os mesmos não tem mais educação graças a falta de educação dos pais. Enviado por Marcos - [email protected]
Publicado em 05/09/2008 Em 1974 as (os)professoras sofriam muita perseguição, descontavam nos alunos... e se você fosse reclamar, cadeia. Quem sabe, ela não era da máfia, "Pieroni"... escapaste de boa, Olga.
laruccia
Enviado por Modesto Laruccia - [email protected]
Publicado em 03/09/2008 Dalva, antigamente o professor para ter a fama de bom tinha que ser rigoroso, inclusive a de querer controlar nossas necessidades fisiológicas, que absurdo! Graças a Deus as mudanças chegaram, para mim ter medo n combina com aprendizagem. Parabéns pelo texto, um grande beijo. Enviado por margarida p peramezza - [email protected]
Publicado em 02/09/2008 Eu tinha medo da Dona Ludmilla Mellow, uma alemã daquelas, alta, rigorosa, brava, dedicada, que ensinava no Grupo Escolar Rodrigues Alves (alguem lembra?) Hoje porem tambem vejo que ela era uma boa professora. Mas que metia medo, metia! minha mãe até falou pra ela que eu tinha medo dela, e ela 'Eu não mordo, não!', o que só me fez me agarrar á minha mãe ainda mais. Enviado por Lygia - [email protected]
« Anterior 1 Próxima »