Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Relatos de viagem Autor(a): Julia Poggetti Fernandes Gil - Conheça esse autor
História publicada em 20/10/2014
Queridos amigos do site, me desculpem se tenho enfadado vocês com os relatos de minhas viagens, mas como tenho retornado à Sampa com certa freqüência, eu e minha irmã gêmea temos aproveitado para fazer algumas incursões na gastronomia paulistana. 
 
Esses nossos encontros são sempre antes do almoço, então temos procurado alguma satisfação antes de fazer a visita para nossa irmã que está na casa de repouso.
 
Dia primeiro de setembro cheguei um pouco mais cedo e, como minha irmã havia sido hospitalizada resolvi ir direto ao hospital (Hospital Dom Antonio Alvarenga, antiga “Clinica Infantil do Ipiranga”, por sinal, hospital referência em bom atendimento), pois a minha intenção era fazer as unhas dela enquanto esperava a Silvia.
 
Segue o seguinte diálogo:
 
Eu: “Bom dia Li, sua manicure chegou!”
 
Ela: “Manicure?”
 
Eu: “Sim, você me ligou dizendo que queria fazer as unhas, não é?”
 
Comecei a fazer as unhas do pé então ela me perguntou: “Onde você mora?”
 
Respondi: “Em Ribeirão Preto, você conhece?”
 
Ela: “Conheço, eu tenho uma irmã que mora lá.”
 
Eu: “Ah é? E como ela se chama?”
 
Ela: “Se chama Julia.”
 
Eu: “Então Li, sou a Julia que está aqui fazendo suas unhas.”
 
Ela: “Ah! Você esta de brincadeira comigo?”
 
Bom nesse ínterim, a Silvia chegou, ela reconheceu a Silvia, eu terminei a manicure e fomos almoçar.
 
Como íamos retornar para o hospital, escolhemos um restaurante ali perto; Plane’s Restaurante, na Rua Ribeiro do Amaral, 433.
 
Atendimento ótimo, comida caseira muito boa e preço bom.
 
Voltamos ao hospital e ficamos lá até as 16h, quando tive que retornar para pegar meu ônibus de volta para Ribeirão Preto.
 
Levamos para ela um H2O zero açúcar e paçoquita diet que ela amou!
 
Antes de sair, ela olhou bem para mim e disse: “Nossa você se parece tanto com a Ju!” 
 
Eu chamei a Silvia e perguntei com quem ela se parecia e ela respondeu que a Silvia parecia com a Silvia.
 
Depois perguntei: “E você se parece com quem?” Ela respondeu: “Comigo”.
 
Caímos na risada todas as três.
 
E-mail: gibajuba@yahoo.com.br
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 28/10/2014

O louco Júlia. Com o pode?!?!?! Mundo pequeno mesmo.

Enviado por Marcos Aurélio Loureiro - marcoslur_ti@yahoo.com.br
Publicado em 23/10/2014

Muito legal, Júlia. Uma coincidência divertida e muito boa prá se compartilhar. Parabéns. Um abraço, querida.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 22/10/2014

Julia, por coincidência o hospital citado por você fica a tres quadras da rua onde moro, espero que sua querida irmâ se recupere logo, suas histórias não são enfadonhas, continue escrevendo.

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
Publicado em 22/10/2014

Realmente é um texto muito triste, Modesto, mas quando vamos visitar a mana, fazemos o possível para ser o mais alegre possível, pelo menos conseguimos ver ela sorrindo e isso para nós é muito gratificante.

Enviado por Julia Poggetti Fernandes Gil - gibajuba@yahoo.com.br
Publicado em 21/10/2014

Uma situação muito impactante, não quero usar o termo "trágico" e nem "cômico", prefiro ficar com a expressão "TRISTE". E dentro desse clima, Júlia, sinto a esperança de Deus atuar em benefício de sua irmã Li. Texto com ótimo impacto. Parabéns, Poggetti.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 21/10/2014

Capasso, acho que a confusão se deu devido à conversa que tive com a Libia e relatei no texto, mesmo assim agradeço seu comentário.

Wal, sinceramente sou muito grata à você por todo apoio que tem dado à Libia.

E João Marquesin, ela estava hospitalizada devido uma forte infecção urinária que provoca confusão mental, escapou de uma septecemia.

Enviado por Julia Poggetti Fernandes Gil - gibajuba@yahoo.com.br
Publicado em 20/10/2014

Achei engraçada esta sua narrativa, sua irmã hospitalizada com problemas que parece pela sua descrição se de Alzemer,pois esta doença altera toda memoria da pessôa e a transforma completamente,pois é,tomara que ela logo se recupere tenha novamente uma vida normal, pois já com saúde normal é dificil imaginem com quaisquer disturbio hormonal, desejamos de todo o coração muita saúde a sua mana. Abraço, Marquezin.

Enviado por João Marquezin - joaomarquezin@yahoo.com.br
Publicado em 20/10/2014

Todas as vezes que voce fala da minha atual amiga que é sua irmã obstetra,meu coração sorri esperando notícias dela...Sem querer parece até que combinamos voce vai uma semana e eu a outra com a diferença que eu moro num bairro proximo a clinica de repouso, e voce em outra cidade...Apesar dos pesares ela além de simpática e dona de um sorriso encantador tem umas tiradas bem engraçadas...Quando a vejo eternamente naquela cama hospitalar,por conta da grave fratura na perna sem andar e tão resignada com ela mesma,fico triste por voce Júlia que deve carregar uma dor imensa e não entender o porque de alguém depois de ser médica por tantas décadas e ser tão importante se fechou no seu casulo e apenas espera... espera...

Enviado por Walquiria - walquiriarocha@yahoo.com.br
Publicado em 20/10/2014

não sei se entendi bem,

achei meio complicado o relato da viagem.

mas valeu o texto. BOA VIAGEM, PARA R> PRETO.

Enviado por João Cláudio Capasso - jccapasso2@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »