Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares A Avenida Santo Amaro Autor(a): Ana Regina Carnevalli Parra - Conheça esse autor
História publicada em 28/08/2014
Desnudou-se com o passar dos tempos.
Haviam árvores frondosas,
Como enormes seringueiras, que
Marcavam referência na avenida.
 
É até hoje, importante via de ligação
Do centro para a região Sul da cidade.
Com os anos, ganhou incontáveis semáforos,
Estreitamento das calçadas,
Emaranhado de fios suspensos, poluição e pichação.
 
No meio dela, já houve tentativa de paisagismo,
Sem manutenção, só desgaste.
Pedestres e ônibus, aguardavam
Ou passavam pelo lado direito da avenida.
Agora andam no lado esquerdo em busca de destinos.
 
Mais sol do que chuva, houve desabrigo.
Mudanças acontecem sempre e, agora ainda mais
Com o tão esperado Metrô.
Anunciam embelezamento.
 
Por enquanto, a estátua do Borba Gato
É a que está mais firme.
Quem sabe nesse cenário, esperando por mais humanização
E a resposta para a importante questão:
Onde ficará o verde do nosso meio ambiente?
E-mail: arcparra@ig.com.br
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 27/10/2014

Regina, uma eterna apaixonada pela nossa terra Paulista. Abraço Johannes

Enviado por Johannes W Luyten - jwluyten@yahoo.com
Publicado em 03/09/2014

Encantador retrato poeticamente apresentando da avenida Sto. Amaro, no "antes" e "depois" de suas várias e múltiplas alterações. Os versos são de beleza inconfundível. Parabéns, Parra.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 01/09/2014

Belos versos conscientes como sempre, parabéns.

Enviado por Arthur Miranda (Tutu) - 27.miranda@gmail.com
Publicado em 30/08/2014

Ana, a avenida Sto. Amaro hoje está abandonada, o progresso desordenado da cidade atingiu também aquela artéria que eu tive oportunidade de conhecer, parabéns pelo texto.

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
Publicado em 29/08/2014

Ana, muito lindo o seu poema. Infelizmente conheço pouco a região. Meus parabéns. Lindo mesmo. Um beijo, querida.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 28/08/2014

em 1960 era uma avenida residencial, o meu falecido cunhado foi prefeito (jose victor oliva)em santo amaro

mas depois de anos passaram para rua comercial, e modificaram em muito a av. santo amaro,

Enviado por João Cláudio Capasso - jccapasso2@hotmail.com
Publicado em 28/08/2014

Ana, oportuna sua crônica, acabaram com a Avenida Santo Amaro como muitas outras, quiseram fazer o mesmo com a Avenida N.Sra do Sabará aqui na Zona Sul, mas os comerciantes unidos evitaram mais uma catástrofe, acabaram com o verde das arvores da nossa região, parabéns,Estan.

Enviado por Estanislau Rybczynski - estan_tec@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »