Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Colégio N.S. do Carmo Autor(a): Domingos Ricardo Chiappetta - Conheça esse autor
História publicada em 05/06/2007

Ano de 1955, quando entrei para o curso de admissão ao ginásio, pois na época quando concluía o primário, o qual fiz no GRUPO ESCOLAR ROMÃO PUIGGARI, no bairro do Braz, com z mesmo e só após Brás, recordo os bons tempos do velho Colégio tão tradicional DOS IRMAÕS MARISTAS, do fundador PADRE CHAMPAGNAT. Professores eméritos, mestres do ensino aos jovens, com a educação e a disciplina dando continuidade a família. As aulas de religião, música, artes – onde na época no currículo também reprovava. O QUE DIZER dos Professores que não eram IRMÃOS MARISTAS, CAPITÃO RENNÓ, do Exército Brasileiro, na Educação Física; do MAESTRO CAMILLO BERTI, do PROFESSOR MIGUEL DAMIANI de LATIM, ora se não soubéssemos as declinações e fábulas - de joelhos 2 minutos no milho na frente dos colegas; do IRMÃO EPIFANIO, com reguada na palma da mão. Das SANTAS MISSAS, participávamos no coral, ou coroinhas. Do futebol que disputávamos campeonatos escolares TV, inclusive basquete; técnico Irmão Ricardo. A ORDEM TERCEIRA DO CARMO, representada pela sociedade paulistana, com suas vestes participava das missas dos alunos. Do páteo vimos erguer Torre da CATEDRAL DA SÉ, coletava-se entre as famílias doação para a CATEDRAL, 52 ANOS se passaram. Concluindo Ginasial e Colegial, muitos de nós ainda nos encontramos aqui, outros na LUZ do SENHOR. Desejaria reencontro de Ex alunos Maristas do CARMO, assim teríamos PAZZAGLINI, RETTO, GRECCO, MATTOS JR., IZAR, FRACALANZA, AFIF, SIMÕES, CHIAPPETTA, AZAR, CAMPANILLE, PUPPO, MELEIRO e outros colegas que aqui ficam sem ser citados, mas estão na lembrança e coração. ATÉ BREVE colegas MARISTAS DO CARMO.

e-mail do autor: d.chiappetta@ig.com.br

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 19/07/2014

Estudei no Colégio do Carmo, onde terminei o quarto ano primário e prestei exame de admissão ao ginásio, sendo aprovado. Estudei lá por volta de l960 até 1962. Fui aluno do Irmão Waldomiro. Ainda tenho foto da minha turma juntamente com o Irmão Waldomiro. Saudades das aulas de educação física com o cap. Renno. Me lembro ainda da passagem subterranea que saia na Igreja do Carmo. Muito bom relembrar tudo isso.

Enviado por augusto lima agria - aagria@yahoo.com.br
Publicado em 29/04/2013 Estudei no Colégio N. S. do Carmo dos Irmãos Maristas no período de 1965 a 1968, o qual foi demolido em 1977 pelas obras do Metrô (Rua do Carmo – Praça Clóvis Bevilacqua – Centro de São Paulo). Ficou marcado em nossas memórias pela ótima formação moral, religiosa e curricular do antigo Curso Científico, oferecida pelos grandes mestres e educadores: Reitor Ir. Ivo Bernardo, Ir. Leonardo (Física e Matemática), Ir. Delfim Elias, Ir. Miguel Eduardo (Inglês), Ir. José Martinez, Ir. Norberto José, Prof. Antonio Melo Mesquita (Português), Prof. Nathan Rosenbaum (Matemática), Prof. Tenente Branco (Educação Física), Prof. Pedro Felício Zimmermann, Prof. Edgard Magalhães Jr. e outros. Muitos foram os alunos ilustres que estudaram no Colégio do Carmo. Lá vão alguns: O príncipe dos poetas brasileiros Guilherme de Almeida que tive oportunidade de conhecer em muitas de suas visitas ao nosso querido Colégio, Paulo Bonfim (escritor, poeta e membro da Academia Paulista de Letras), Rubens Ricupero (diplomata, embaixador), Abrão de Moraes (construtor do observatório da USP), Dr. Vicente Rau (famoso advogado), Carlos de Meira Matos (general de Divisão), Orlando Fedeli (historiador católico e professor universitário), Dr. Henrique Walter Pinotti (médico cirurgião gástrico e professor catedrático da USP), Paulo Setúbal (advogado, jornalista, ensaísta, poeta e romancista), seu filho Olavo Egydio Setubal (engenheiro, industrial, fundador da Deca, banqueiro - Banco Itaú, político, e prefeito de São Paulo), Oswald de Andrade (poeta modernista), Mario de Andrade (escritor modernista), Coronel PM Eduardo Assumpção (patrono da Escola Superior da Polícia Militar de São Paulo), Antranik Manissadjian (médico, diretor do Hospital das Clínicas e vice-presidente da AACD), Dom Décio Pereira (Bispo de Santo André), Hilário Fracalanza (professor da Unicamp), Paulo Bellinati (músico, violinista), Yukishigue Tamura (primeiro vereador nipo-brasileiro de São Paulo, o primeiro deputado estadual e também o primeiro deputado federal nikkei no mundo), Prof. Dr. Joaquim Alfredo da Fonseca (fundador do Curso de Geografia, na Faculdade de Filosofia de São Bento, catedrático de Geografia Física da PUC-SP; tornou-se membro da UGI – União Geográfica Internacional e fundador da Faculdade de Filosofia de Presidente Prudente, embrião da UNESP.). Saudades dos colegas e gratidão aos Irmãos Maristas e Professores.
Antonio F. D´Agostini.
Enviado por Antonio D´Agostini - antoniodagostini@hotmail.com
Publicado em 08/03/2013 Fui aluno do Colégio N. S. do Carmo, ginásio de 1966 a 1969. Grandes lembranças e muita emoção ao tomar conhecimento deste site e poder também deixar o registro dos anos felizes e principalmente pela formação moral, graças aos grandes mestres maristas: Reitor Ivo Bernardo, Irmão Leonardo, Irmão Miguel, Irmão Martinez (inesquecível Corintiano roxo, como eu) Professor Batista. Também fiquei de castigo inúmeras vezes, em pé virado para parede decorando poesia, jogávamos futebol de salão, bola pesadíssima, com a camisa do GENSC escrito CARMO no distintivo do Santos. Tenho duas fotos da turma do ginásio, creio do ano 67 e da formatura 69. Saudades de todos os amigos. Enviado por Luiz Roberto da Silva - luizrobertosilva@yahoo.com.br
Publicado em 22/01/2013 voltei, pois nao me contive. o amigo D'Agosthini me enviou fotos onde eu me encontro, e uma delas me fez voltar a Sao Roque (?) onde nós iamos jogar futebol com aquelas camisetas listradas DE VERMELHO E AMARELO. Lembrei de amigos como o Sidney Joao dos Santos, Carlos Americo Rego Filho. das disputas para ganhar o cartao de quadro de honra mensal e medalhas ao final do ano, quanta saudade. V.J.M.J Enviado por joao antonio rechtenwald - ferrugem2007@gmail.com
Publicado em 21/01/2013 que saudades! Ah! se eu pudesse voltar no tempo e poder curtir novamente a maravilhosa passagem pelo Colegio Nossa Senhora do Carmo, lá fiquei desde a admisso ao ginasio até me formar no CIENTIFICO para Medicina(lembram?). Pois é desde 1960 a 1968, cheguei a ser direotr do GENSC ( Gremio Estudantil Nª Sª do Carmo) e depois em 1968 fui seu presidente. Na minha turma lembro muito bem do Americo, Fabio carbonnel; Gornatti, Capellano, Otavio (que era o secretario da escola), do Colafemina,saudades. Enviado por joao antonio rechtenwald - ferrugem2007@gmail.com
Publicado em 15/11/2012 Já a algum tempo fiz um comentário por aqui.Hoje repito:Formei-me no Colégio N.Senhora do Carmo no Científico em 1949.Será que não vou encontrar mais ninguém desse tempo? Enviado por Newton Ramos - newtonramos37@hotmail.com
Publicado em 24/09/2012 Depois de ler todos os comentários postados, lembrei-me de que no ano de 1963(acho que foi nesse ano)num domingo,dia das mães, fizemos uma representação teatral no auditório do colégio para homenagea-las. Ensaiamos a peça escrita pelo colega Harry Pupo com o professor de português Osvaldo.No elenco estávamos eu,Guilherme Paravanti, Gerson e o próprio Harry. Foi ótimo. Lembro ainda dos colegas José Carlos Neves,Roberto Austrakas,que tinha o apelido de surdão, do Trevisan, do Tomás Pinheiro,Rachid, Campanhare, Hildebrando,Lemke entre outros. SAUDADE IMENSA DE TODOS. FIQUEM COM DEUS Enviado por Flavio Poyares Baptista - flavio@asbadvogados.com.br
Publicado em 23/09/2012 Imensa satisfação e saudades do Colégio do Carmo, dos inesquecíveis professores, principalmente dos Irmãos Fulgêncio, Paulo, Epifânio, Celso e do reitor Ivo, dos professores de educação física Rennó e Branco. Estudei no Carmo de 1958 a 1964. Muitos amigos lá deixei, assim como o Francisco Sanchez Martinez, carinhosamente chamado pelo apelido de "espanhol", do Celso Sarmento, do Milton Sergio Vulcano, do Guilherme Paraventi, do Raul, do Homerinho, do Roberto Godinho, do Ricca do Roque Carraza, do Isaac Ruivo entre tantos outros. Quanta saudades!!! Será que não se arranjaria uma maneira de nos reunirmos? Será interessante. Um abraço para todos. Enviado por Flavio Poyares Baptista - flavio@asbadvogados.com.br
Publicado em 04/09/2012 Finalmente, muita alegria ,encontrei alguns colegas da familia Marista. Cursei a Admissao e Ginásio no C.N.S. do Carmo de 62 a 66. Tempos dos Ir. Martinez,Ir. Ivo Bernardo,Ir. Nelson, e outros. Impossivel citar todos colegas que vem a mente, mas ... Tha Wu Song, Paraventi, Lazarini, Contrucci,Silvio, e tantos outros. Muitas boas lembranças. Espero encontrar e talvez participar de um encontro. Abraços Enviado por Edwin Szczerbowski - edwinszc@uol.com.br
Publicado em 13/08/2012 Caros colegas maristas. Com muita emoção encontrei esta pagina hoje, apos receber de outro ex marista um Email com fotos e historia da antiga igreja do Carmo e do nosso inesquecivel colegio. Fui aluno do Colegio N.S do Carmo de 1962 a 1964. Nas fotos das turmas me reconheci numa delas junto e todos os meus colegas de então. Maravilhosas recordações do Irm Martines, Ir João, Ivo Bernardo, Ir Leonardo, Prof Batista, Cap Renó e tantos outros. Grande abraço a todos os amigos com muita saudade, muita saude e paz. Enviado por Cássio Antonio Campaña Inojosa - cinojosa@hotmail.com