Leia as Histórias

Categoria - São Paulo do século XXI A escravidão da bebida em São Paulo Autor(a): Edmir Espindola - Conheça esse autor
História publicada em 10/07/2014

Na madrugada desta sexta-feira fui levar minha filha no aeroporto e

parei numa loja de conveniência de um posto de combustíveis.

Na porta havia um homem vasculhando o lixo.

Fiquei no carro aguardando minha filha e observei.

O homem virava as garrafas vazias de bebida na goela,

tentando conseguir beber alguma coisa.

A que ponto chega o ser humano dependente da bebida.

A cidade tem ainda esta escravidão.

Que bom se acabasse a bebida em São Paulo.

E-mail: edmirespindola@hotmail.com
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 15/07/2014

Edmir, infelizmente o dependente do álcool é um doente, precisa de tratamento, o piór é que a nossa juventude também está começando a enveredar pelo mesmo caminho, é uma pena, parabéns pelo texto.

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
Publicado em 15/07/2014

De doze em doze, o viciado desc as mais baixas situações dentro de uma sociedade. Parabéns, Espindola.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 10/07/2014

Vi um bicho remexendo o lixo, meu Deus não era um bicho, era um homem! Realidade triste, mas verdadeira.

Enviado por Carlos Fatorelli - cafatorelli@gmail.com
Publicado em 10/07/2014

Que bom que acabassem os motivos que levam ao vício, Edmir. Um abraço.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
« Anterior 1 Próxima »