Leia as Histórias

Categoria - Personagens Em maio tem um dia, que é de todas as mães Autor(a): Arthur Miranda (Tutu) - Conheça esse autor
História publicada em 09/05/2014
 
Da mãe negra, da mãe branca,
 
Da mãe que chora
 
Da mãe que implora,
 
Da mãe que pede esmola,
 
Da mãe que é rica e tudo tem,
 
Dia da mãe que é rica, que vive bem,
 
Da mãe pobre que nada tem.
 
Da mãe da mãe que além de mãe,
 
É avó também, mãe duas vezes,
 
E seus netos a querem bem.
 
Dia da mãe adotiva, que por toda sua vida
 
Cuidou da vida de um filho de alguém.
 
Cuidou e cuidou tão que hoje é seu filho também
 
Da mãe que sofre pelo filho que já morreu,
 
Como Maria em um triste dia
 
Diante da cruz perdeu o seu.
 
Da mãe que hoje luta,
 
Da mãe prostituta,
 
Da mãe sem marido,
 
Da mãe sem abrigo,
 
Que vive jogada,
 
Sem nenhum filho amigo
 
Que lhe estenda a mão.
 
Da mãe que foi descartada,
 
Em um asilo deixada,
 
Porque idosa ficou
 
E vive ali esquecida,
 
O seu finzinho de vida
 
Vivendo assim de favor..
 
Da mãe do leiteiro,
 
Da mãe do padeiro,
 
Da "sofrida" mãe do Juiz
 
Da mãe de todo brasileiro,
 
Também de todo estrangeiro,
 
Que em nossa terra chegou.
 
Da mãe que ainda é solteira,
 
Da mãe que por alguma razão
 
Um dia matou seu filho
 
E hoje está na prisão.
 
Da minha mãezinha querida
 
Que já não esta nessa vida
 
E hoje espera por mim.
 
Pedindo a Deus mil desculpas,
 
Por tudo o que fiz de ruim.
 
Em maio tem um dia querido,
 
Por todos nós sempre amado.
 
O dia das mães das pessoas,
 
Não importa a sua idade.
 
Das mães de todos os amigos
 
Desse site tão querido.
 
São Paulo Minha Cidade.
 
 
 
Parabéns a todas as mães do SPMC.
 
E-mail: 27.miranda@gmail.com
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 13/05/2014

Lindo poema meu amigo, Teno certeza que as mães vão adorar!

Enviado por Miguel S. G. Chammas - misagaxa@terra.com.br
Publicado em 10/05/2014

Que mais poderemos acrescentar a essa homenagem tao bacana que voce fez as nossas maes .Parabens Arthur de todos nos aqui deste site .Obrigado!

Abracos Felix

Enviado por João Felix - jfvilanova@gmail.com
Publicado em 10/05/2014

Nobre e eloquente manifestação do dia das mães, Tutu. vc enalteceu aquela que nos acompanha até o fim dos nossos dias, mesmo depois de morta. Belos e versos, Arthur, parabéns.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 10/05/2014

Tutu, meus parabéns pelo seu poético texto, com suas palavras simples você homenageou todas as mães, essas mulheres cuja paciência e amor não conhecem limites.-

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
Publicado em 09/05/2014

Obrigada.

Sou uma mãe muito feliz.

Enviado por Benedita Alves dos Anjos - dosanjos81@gmail.com
Publicado em 09/05/2014

PARABENS, ARTHUR.EXCELENTE TEXTO EM HOMENAGEN AS QUERIDAS MAMAES.

Enviado por João Cláudio Capasso - jccapasso2@hotmail.com
Publicado em 09/05/2014

Ai, Arthur, que beleza! Impossível não se emocionar. Lindo mesmo. Obrigada. Um grande abraço.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
« Anterior 1 Próxima »