Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Oitenta Consegs Autor(a): Vilton Giglio - Conheça esse autor
História publicada em 06/03/2014
Grande São Paulo, amada e querida. Como toda mãe, tem suas dores, que são muitas; tratando-se de segurança, muita falta nos faz. Estamos em um período de roleta russa em nosso dia a dia; não podemos sair de casa determinados dias, horas, não podemos ir à missa porque tem roubo, na feira tem assalto, feiras em geral, seja o que for: teatro, escola, andar com nossos filhos na rua, andar de bicicleta, ficar em frente a um portão conversando nem pensar, ir a bancos então... Sofremos todo tipo de violência, estacionar um carro na rua para ir à farmácia, parar em um farol, parece que estou no inferno, se é que existe ou “fazemos ele". 
 
“Ah”, o mais importante: em frente às escolas têm bares, vendedores de drogas, as crianças levam armas para as escolas, “ufa”! Estou quase morto, mas sobrevivo. Tem espetaculares queimas de ônibus, só falta o churrasco e a “breja”, com direito a transmissão ao vivo pela TV; em certos casos até com a previsão do que irá acontecer a qualquer momento.
 
Isso acontece no Brasil todo, mas em São Paulo extrapolamos todos os limites possíveis e imagináveis. Não vou detalhar um caso, mas escrevo para alertá-los do que acontece em nossa São Paulo, sem que saibamos, que ao ouvir nem consegui dormir, fiquei emocionado e nem quis acreditar.
 
Um cidadão foi assaltado junto com toda sua família. Advogado, seus filhos com idade abaixo de três anos, foram amarrados, torturados, etc. e tal. Seu vizinho, ao passar, viu aquele movimento em sua casa, mas nem percebeu que o que estava acontecendo era o assalto. Na semana seguinte esse vizinho sofreu um assalto também, vejam só, fizeram tortura também e além disso vem o pior: pegaram seu filho de apenas seis meses e enfiaram o pezinho da criança dentro de um liquidificador e ligaram, imaginem a situação desse pai, isso mesmo, bateram o pezinho da criança dentro do liquidificador.
 
Entre outras tantas histórias que já ouvi e ainda continuo a ouvir nas reuniões do Conseg, Conselho de Segurança. Solicito que participem, propaguem, é de muita importância e relevância os senhores participarem, assim teremos uma cidade mais humana e nossos policiais ficarão mais atentos.
 
Paulistanos, amigos, colegas, leitores, alunos, cidadãos, frequentem algum Conseg. Em São Paulo temos oitenta, no estado de São Paulo temos 784; precisamos nos unir ou seremos destruídos pelos "bandidos" sem piedade, eles já estão organizados, saiam de suas casas, sei que é muito difícil às vezes, por algum motivo, mas vale a pena o sacrifício, atualmente temos a "Gang das Bikes", arrastões a pé também, portanto a sociedade unida vencerá.
 
Não tenho procuração de ninguém, mas relato fatos baseados em testemunhos de pessoas dignas e cidadãos que não aguentam mais a roleta nossa de cada dia, ao sair nas ruas para um simples caminhar.
 
Participem e verão às quantas andam nossa segurança.
E-mail: viltongiglio25@gmail.com
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 09/03/2014

Vilton, realmente a união faz a força.Aqui no meu bairro tem e sempre tem alguém que representa os moradores do meu prédio.Muito triste seu relatos.Um abraço.

Enviado por Margarida Pedroso Peramezza - margaridaperamezza@gmail.com
Publicado em 07/03/2014

As participações populares nos conselhos comunitários são de grande importância no relacionamento entre as partes envolvidas e podem envolver a comunidade em suas necessidades básicas. Parabéns, Vilton, por sua luta e participação ativa.

Enviado por Carlos Fatorelli - cafatorelli@gmail.com
Publicado em 06/03/2014

Bom Vilton, já me informei de um Conseg aqui no meu bairro em Ri. Preto na próxima reunião estarei lá. Com certeza não podemos nos calar diante de tanta barbárie. Parabéns e que DEUS o proteja.

Enviado por Julia Poggetti Fernandes Gil - gibajuba@yahoo.com.br
Publicado em 06/03/2014

Giglio - Gilberto Gil canta essa canção que até parece uma prece : Andá com fé eu vou Que a fé não costuma faiá -

Andá com fé eu vou Que a fé não costuma faiá -

Sucesso com esse projeto Conseg - Forte abraço ;...

Enviado por José Aureliano Oliveira - joseaurelianooliveira.aureliano@yahoo.com.br
Publicado em 06/03/2014

Vc tem razão, Vilton se não houver reação de todos, unidos, isso vai virar um campo de extermínio involuntário. Essa tragédia que nos cerca, cada dia se aproxima mais. Temos que lutar por aquilo que ainda nos resta: VERGONHA. Parabéns, Giglio.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 06/03/2014

Vou procurar saber o que é uma Conseg, espero que nós cidadãos possamos formar uma corrente de defesa contra a criminalidade,está mais do que na hora de se rebelar contra os ladrões e assassinos,precisamos nos unir e começar a fazer justiça já que os nossos governates fecharam os olhos e a nossa lei não faz nada...

Enviado por Walquiria - walquiriarocha@yahoo.com.br
Publicado em 06/03/2014

Sim, a sociedade unida vencerá!

Não seremos derrotados não.

Enviado por Benedita Alves dos Anjos - dosanjos81@gmail.com
« Anterior 1 Próxima »