Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias O sonho Autor(a): Ana Regina Carnevalli Parra - Conheça esse autor
História publicada em 29/01/2014
Papai, sonhei com um galo! Ele era grande, vermelho e estava lá no quintal! 
 
Estávamos apreciando o café da manhã quando a menina chegou perto da mesa, com aquela frase, ao invés de bom dia, e o pai de saída para trabalhar.
 
Na hora do almoço, meu pai estava na Av. Ipiranga quando um vendedor de bilhetes de loteria chegou perto dele e anunciou: “Hoje vai dar o galo!”. Viu que a estampa do bilhete era um galo, grande e vermelho.
 
Nunca comprava nada, mas naquele dia lembrou-se da filha, ficou impressionado com a imagem e a segura afirmação.
 
Comprou logo o bilhete inteiro. Dobrou e guardou-o no bolso do paletó.
 
Depois do trabalho, já de volta para casa, perto do ponto do ônibus, lembrou-se de conferir o resultado.
 
Voltou e conferiu. Surpresa, deu os números do bilhete do galo. Que sorte!
 
Quando chegou em casa, contou a notícia muito alegre para todos e disse para a filha que seu sonho foi muito bom, lhe valeu um prêmio.
 
Com o valor recebido, pagou nossas contas, aliviou seu salário, presenteou minha mãe com uma pulseira dourada.
 
Naquele tempo a loteria era coisa séria!
 

 

E-mail: arcparra@ig.com.br
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 30/01/2014

Que bom, Ana! Como eu gostei do relato! E que sonho providencial! Parabéns. Como o alívio deve ter sido bom! Só imagino Um beijo, minha querida.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 30/01/2014

Que bom que seu sonho se tornou realidade.

Ás vezes tenho sonhos com lugares, e depois eu vejo os lugares e tenho a impressão de que já estive lá.

Parabéns.

Abraço

Enviado por Benedita Alves dos Anjos - dosanjos81@gmail.com
Publicado em 30/01/2014

Bendito o sonho da menina. Parabéns, Parra.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 29/01/2014

Em também sonhei com o numero 2003, joguei e ganhei perto de 120 mil cruzeiros antigos, só percebi que era tudo um sonho de manhã quando acordei, e vi que nada ganhei.

Enviado por Arthur Miranda (Tutu) - 27.miranda@gmail.com
Publicado em 29/01/2014

Ana - O bilhete que comprei na época e acertei todos os números, já tinha corrido fazia um mês. Cai no conto do bilhete, mas sobrevivi. Sou uma pessoa com muita sorte, porque estou encontrando amigos cada dia que passa, que é melhor que o dinheiro. Forte abraço ...

Enviado por José Aureliano Oliveira - joseaurelianooliveira.aureliano@yahoo.com.br
Publicado em 29/01/2014

ANA REGINA, o seu pai deve ter ganho um bom dinheiro na loteria,

leia o meu texto, MORREU COMO ZELADOR,o pai de um amigo ganhou na loteria(bilhetes)em 1940 2,000,000,00 de cruzeiros na epoca era um dinheirao a fortuna durou de 1940 ate 1957.,

Enviado por João Cláudio Capasso - jccapasso2@hotmail.com
Publicado em 29/01/2014

Ana, que sonho sortudo! Realmente, hoje não acredito nos sorteios da loteria. Que venham mais sonhos..rsrrsr.Um abraço.

Enviado por Margarida Pedroso Peramezza - margaridaperamezza@gmail.com
« Anterior 1 Próxima »