Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Obelisco Mausoléu - Soldado Constitucionalista - 1932 Autor(a): Vilton Giglio - Conheça esse autor
História publicada em 20/01/2014
Um Obelisco "no coração de São Paulo", que deveria estar aberto à visitação pública, daria um belíssimo passeio em um dos lugares mais bonitos de Sampa, que é o Parque Ibirapuera. Lá estão muitos heróis da Revolução Constitucionalista; há um coronel que cuida do local, que em uma entrevista à imprensa disse o seguinte: “Todas as vezes que entro aqui fico emocionado".
 
Um senhor que, após anos, ao dizer isso é porque vale a pena passar lá. Realizado em 1954, a criatividade do local onde fora construído só poderia ser de grandes escultores, arquitetos, italianos que no Brasil aportaram para viverem ou até mesmo "fugitivos de guerras, miséria que assolava a Itália naqueles idos", assim o Brasil recebia-os de braços abertos, alguns personagens vinham solteiros outros casados (infelizmente a Itália não faz isso atualmente com descendentes dos italianos residentes no Brasil); muito contribuíram com o desenvolvimento de São Paulo e do Brasil, onde temos grandes colônias italianas.
 
Esse Obelisco Mausoléu é uma obra do escultor Galileo Ugo Emendabili, nascido em Ancona, Itália, portanto ítalo-brasileiro. Saiu de sua pátria com destino a Argentina, de navio, mas em uma parada no Porto de Santos por aqui ficou, por nossa sorte (1898 - 1974). Iniciou sua arte com entalhes em madeira, aliás, os italianos são mestres nessa arte de entalhes, assim como a música, pintura, arquitetura, gastronomia, a civilização romana nos deixou um legado que não tem preço, muito acentuado no Brasil. 
 
Existem outras obras do Galileo Ugo, como Monumento Ramos de Azevedo, escultura no Túmulo da Família Forte, no Cemitério da Consolação. Além do Obelisco Mausoléu, que tem a sua própria história, onde existem os soldados.
 
Imaginemos essa região no período em que fora construída, serena, pura, provavelmente havia algumas ou muitas árvores, ao entrar no mausoléu pelo menos senti uma paz infinita (coisas do além e dos guerreiros, valentes soldados, pois todos tinham o mesmo objetivo: lutar se for preciso até a morte, cumprindo assim cada um seu papel e deixando-nos um maravilhoso legado de luta, só não lembro-me de alguma mulher lá guardada, talvez por machismo dos homens).
 
Na esperança de estar sempre aberto à visitação pública e assim até podermos reverenciar nossos heróis.
 
Saúdo-os.
 
E-mail: viltongiglio25@gmail.com
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 24/01/2014

Parabéns pela lembrança deste importante monumento paulistano. Em 9 de julho de 2013 foi anunciado pelo governo estadual o investimento de R$ 8.727.700,00 para restauro e conservação do Monumento do Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 1932.

Enviado por Carlos Fatorelli - cafatorelli@gmail.com
Publicado em 21/01/2014

Merecida homenagem a São Paulo, Vilton, ao destacar o Obelisco localizado no Parque Ibirapuera. Com uma pequena biografia do escultor Galileo, completou-se um trabalho muito respeitoso e bem redigido. Parabéns, Giglio.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 21/01/2014

Como sempre, Vilton, você mostra São Paulo de forma carinhosa e valorizando a construção da história. Parabéns. Devemos ser sempre agradecidos a pessoas, como você, que zelam pela memória da cidade. Um grande abraço.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 20/01/2014

Olá Vilton,faço minha as suas saudações.

Meu tio lutou nessa revolução, e ficou doente mental.

E andava mostrando o capacete crivado de balas,coitado tinha muito orgulho disso.

Enviado por Benedita Alves dos Anjos - dosanjos81@gmail.com
« Anterior 1 Próxima »