Leia as Histórias

Categoria - Personagens A bola de ouro agora tem o Pelé Autor(a): Arthur Miranda (Tutu) - Conheça esse autor
História publicada em 23/01/2014
Até que enfim a bola de ouro conseguiu realizar o maior sonho de toda a vida dela. Ou seja, a de ir parar nas mãos do craque do século, e do maior jogador de futebol do mundo.
 
Coisa que é para deixar qualquer bola cheia para o resto da vida.
 
Não foi o Pelé que saiu engrandecido com a bola de ouro, mas esse conhecido prêmio é que hoje pode se orgulhar de um dia ter sido recebido por um gênio chamado Edson Arantes do Nascimento, ou simplesmente Pelé.
 
Agora sim os antigos ganhadores, como todos os premiados no futuro, poderão dizer cheio de orgulho, que estão recebendo o mesmo prêmio que foi dado ao maior jogador do mundo.
 
Eu se fosse a Fifa, para valorizar ainda mais esse prêmio, daria uma bola dessas também a algum parente do Garrincha em homenagem a esse estupendo jogador brasileiro, e que o mundo e os brasileiros jamais poderão esquecer. Principalmente nós que já passamos dos 70 e vimos esse gênio dando seus dribles desconcertantes em seus famosos “manés”, verdadeira alegria do povo.
 
Quem o viu no gramado do antigo Pacaembu aqui em São Paulo, na Vila Belmiro, em Santos ou no velho Maraca, no Rio, sabem do que eu estou aqui falando.
 
Enfim, esse famoso prêmio da Fifa, a partir de agora já pode contar com um gênio chamado Pelé entre a sua coleção de craques e que agora está faltando mesmo um só, é ele o grande Mané Garrincha.
 
Quando isso acontecer, se acontecer, essa bola passará a ser de diamante. Por enquanto, os atuais ganhadores e os que forem premiados no futuro graças a essa feliz e justa iniciativa da Fifa, já poderão dizer em bem alto som que estão recebendo o mesmo prêmio que um dia foi entregue ao maior jogador do mundo: Pelé.
 
E eu não sei como um corintiano como eu, que passou a vida toda perdendo para o Santos enquanto o Pele jogou, conseguiu escrever esse texto. Que é a prova maior da enorme dimensão desse gênio chamado Pelé
 
Parabéns Pelé e bola para frete, você estará para sempre na história do futebol paulistano, paulista, brasileiro e mundial.
 
 
E-mail: 27.miranda@gmail.com
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 27/01/2014

Bem lembrado, Tutu, o Pelé sempre foi merecedor desse premio e seria injustiça não recebe-lo. Num delicioso texto, vc ratifica esse mérito.

Parabéns, Arthur.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 24/01/2014

Pelé mereceu e ganhou a bola, porém pisou na bola em não reconhecer sua filha.Uma pena. Arthur, parabéns pelo texto, só não dá pra aceitar ser corintiano....rsrsr.Um abraço.

Enviado por Margarida Pedroso Peramezza - margaridaperamezza@gmail.com
Publicado em 24/01/2014

Pelé e Garrincha foram dois jogadores importantes para o Brasil, bem como outros deles, Didi, Vavá Nilton Santos, Belini...Quanto a homenagem da Fifa, com a tal bola, não faz nada mais que a obrigação, pois Pelé desde que começou na seleção, aquele drible e gol contra o País de Gales, e o Mané, deram show e espetáculo. E ainda quanto a ser corintiano, Arthur, uns nascem pra sofrer!!!rs.

Enviado por Clesio de Luca - clesiodeluca@yahoo.com.br
Publicado em 23/01/2014

Estimado

Sò falta reconhecer"pós-mortem a filha",um erro ainda gravissimo do Sr.Edson A.do Nascimeto.

Enviado por Vilton Giglio - viltongiglio25@gmail.com
Publicado em 23/01/2014

Parabéns, meu querido Arthur. Ler esse seu texto me faz

retornar ao passado, com as conversas do meu pai e tios. Que bom. Um abraço.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 23/01/2014

Parece que a FIFA reparou o seu grande erro histórico, embora o Pelé foi o maior jogador do mundo por muitos anos e deveria ter recebido pelo menos meia dúzia! Quanto ao Garrincha, nada mais justo também, seria(penso eu) a primeira "bola de ouro póstuma" entregue por esses "manés" da FIFA!!!

Enviado por Carlos Fatorelli - cafatorelli@gmail.com
Publicado em 23/01/2014

Arthur, apoiado, disse tudo com muita razão, parabéns,Estan

Enviado por Estanislau Rybczynski - estan_tec@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »