Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Anália Franco e Regente Feijó Autor(a): Reginaldo Bueno das Neves - Conheça esse autor
História publicada em 17/04/2013
Noite fria, muito fria. O pequeno balão descia quase apagado, mas parece que uma pequena chama insistia a fumegar. Saíamos correndo atrás para pegá-lo. Era certeza: pela posição do vento, iria cair no "Matão" perto do Parque Ceret naquele tempo em fase de terraplanagem.

Matão... Esse era o nome das terras onde hoje está o Shopping Anália Franco. Lugar de muito mato, passarinhada, bem às margens da Av. Regente Feijó, próximo de um antigo casarão, onde diziam que até D. Pedro II já havia pernoitado por lá. Onde está a Av. Abel Ferreira, havia um pequeno córrego onde meu pai pescava lambari aos montes.

O Matão era o cemitério dos balões: eles insistiam em cair ali. Estes infestavam os céus de São Paulo nos meses frios, especialmente quando tinha jogo de futebol... Era uma festa!

Hoje tudo mudou. O bairro cresce desproporcionalmente com seus arranha-céus. Nem dá mais para andar nas ruas congestionadas. Perdeu-se a simplicidade do bairro, das pessoas, da Praça Bom Parto, onde havia exposição de pássaros. Hoje o que se vê é ostentação, o individualismo das pessoas, a ganância.

Que pena. Foi-se São Paulo de gente pura, simples, onde era comum os vizinhos se visitarem para um café com bolo de fubá em um final de tarde, ou assistir a um jogo de futebol no campinho, sem preocupação.

Ai que saudades que dá!


E-mail: reginaldo.bueno.neve@gmail.com
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 18/04/2013 Um texto gostoso de ler, uma S.Paulo provinciana e européia que se perdeu no tempo. Tempos melhores ou piores? E a gente sabe? Enviado por Trini Pantiga - trinesp@ig.com.br
Publicado em 18/04/2013 Caro Reginaldo.
Legal seu resumo sobre o MATÃO.
Se quiser saber a história completa do Regente Feijó e Lar Anália Franco veja no nosso site as fotos desde o Regente passando pelo Asilo até os dias atuais.
Nosso site está no ar desde 2005.
Site: www.boleirosdaaguarasa.com - ao entrar clique em "história do bairro" e depois clique em "como tudo começou".
Só para seu conhecimento, sou sobrinho do ex-vereador Abel Ferreira, nome da Avenida que começa na Salim Farah Maluf (Água Rasa) e termina
na Av. Renata (Vila Formosa).
Em frente à antiga sede do Lar Anália Franco, hoje Universidade Unicsul, é por onde passava o Corrego do Embira.
Obrigado por divulgar o nosso bairro: Água Rasa.
Waldevir - vie do site dos boleiros.
e-mail: boleirosdaaguarasa@gmail.com
Enviado por waldevir bernardo - historiadaaguarasa@gmail.com
Publicado em 18/04/2013 Gosto muito do Tatuapé! Tive e tenho bons amigos nesse bairro, inclusive que residem bem próximo ao Anália Franco, que por sinal é um lugar lindo! Abraço Célia Enviado por regina célia de carvalho simonatorr - rccsimonato@hotmail.com
Publicado em 17/04/2013 Levei minha filha quando adolescente várias vezes neste Shopping Anália Franco,lugar lindo!!nem imaginava que um dia foi apenas um matagal com um côrrego pesqueiro..Hoje sabemos que antes se podia soltar balôes e agora NÃO!! era muito descampado,poucas casas, lagos ruas de terra sem nenhum movimento e quando o balão caia era uma festa Hoje quando avistamos um balão no céu,todos temem sem saber se ao cair,causará uma grande tragédia... Enviado por walquiria rocha machado - walquiriarocha@yahoo.com.br
Publicado em 17/04/2013 A namorada morava na Itapura esquina com a Rua Azevedo Soares. Perambulei muito nesse pedaço. O pai dela recomendava " Nada de Matão " Abraços Reginaldo ... Enviado por José Aureliano Oliveira - joseaurelianooliveira.aureliano@yahoo.com.br
Publicado em 17/04/2013 Reginaldo, seja muito bem-vindo ao site. Prazer em connhecer um pouco de Anália Franco. Tempos bons das brincadeiras e do bolo de fubá, não é? Um abraço. Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 17/04/2013 caro Reginaldo, nossa turminha embrenhava na Mata Paula Souza para brincar de tarzã, abraço, Beira Enviado por Jose Camargo Beira - josebeira@hotmail.com
Publicado em 17/04/2013 Reginaldo, você tem toda razão, a evolução é boa necessária, mas isso tira-nos a excência do puro, da amizade, e principalmente da liberdade que era tão boa. Conheço bem a região pois sou nascida aí e ainda tenho parentes que aí resídem, mas quando visito o Tatuapé a saudade dos velhos tempos aumenta.
Abraços Maria Eugênia.
Enviado por Maria Eugênia Clini - mariaclini@hotmail.com
Publicado em 17/04/2013 Reginaldo, hoje temos que encontrar outras alternativas, são os novos tempos. No Tatuapé tem uma serie de cafés, onde podemos nos reunir com amigos e colocar a prosa em dia. Fiz isso faz pouco tempo, foi uma delicia. O que passou vai ficar na saudade.Um abraço. Enviado por margarida peramezza - margaridaperamezza@gmail.com
« Anterior 1 Próxima »