Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias De mim para mim mesmo Autor(a): Rubens Cano de Medeiros - Conheça esse autor
História publicada em 20/03/2013

Lembranças paulistanas ocorrem a mim entre 50 e 55 anos depois. Eu então moleque e adolescente, no "meu" pedacinho de Vila Mariana. Lembro que a "mídia" da época - jornais, rádio e a nossa Semp de 24 polegadas, obtida a prazo - falavam que São Paulo tinha "ares europeus". Mas igualmente não faltava quem dissesse que São Paulo parecia era com Nova York. Eu me perguntava, de mim para mim mesmo: afinal, européia ou Nova York?

Era certo que, anos 40 e 50, tínhamos uma verdadeira Broadway, localizada entre São João, Ipiranga, República, Arouche, Rio Branco... Largas avenidas, iluminação "feérica", lojas chiques, restaurantes, gente bonita, vida noturna em ebulição. Muito trânsito (quase) como lá. Até bondes Gilda e ônibus Coaches, exatamente os de lá! O "prédio do Banespa"! Nosso Empire States Building, ainda que a (quase fiel) miniatura. Até Brooklin (bonde 103), em São Paulo! - o de lá, com y. Até parecia Nova York, hein, paulistano! Seria? Ah, sim, tinha mais! Lembro de que celebridades que aqui aportavam... Atores e atrizes, desportistas, "chefes de estado", grã-finos endinheirados.

Desciam em Congonhas (movimentado como em Idlewild, NY), ainda aos pés das escadas da Panair, da Pan Am, da Air France. Os "locutores", na ânsia de colher as "primeiras palavras", quase metiam microfones goela abaixo do entrevistado. "Que achou de São Paulo, lá de cima?" Ele - ou ela – de pronto, em inglês ou portunhol: "Oh, parece Nova York!". Infalível. Era como que um disco que sempre se repetia. Batia o martelo!

Eu dizia, de mim para mesmo: "Parece? É nada!". Era a floresta de prédios. Bastava, vista lá do alto, a comparação. Para mim, nem à época, nem mesmo hoje. Pois os prédios, de lá e de cá, eram muito diferentes. A cara deles, a altura, a distribuição na paisagem. Por que então Nova York? Não poderíamos "parecer" Chicago? Detroit? Então São Paulo, diziam, "parecia" - vista do alto - a mesopotâmica Manhattan...

Rita Pavone, lembro bem. Ela disse (em que canal?) ou falou? Na "Fatos & Fotos"? No Jornal da Tarde? Aí é que não lembro. Mas assegurou. "San Paolo" parecia Nova York! Só mesmo dando um martelo para quebrar o "disco"... Registre-se que, daquele passado para hoje, os altos prédios paulistanos espalharam-se tanto pela cidade que... Nova York até parece São Paulo! Pois se o "Central Park" parece o Ibirapuera "deles"!

Nostálgico de São Paulo "antigo", sou. Saudosista é que não: apenas não gosto (um “pouquitito”) do presente. Mas quando passo no Paraíso... Do viaduto sobre a 23 de Maio, ao lado da estação do metrô. Lembranças vêm à tona: quando dali eu podia avistar longe! Bem além Ibirapuera! Moema e adiante! Hoje? Prédios altos, dos dois lados da 23 de Maio, cerceiam a visão. Aquela floresta de prédios! Então, 50 anos depois é que eu admito: São Paulo até parece Nova York!


E-mail: rcm.rhda.sp@gmail.com

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 22/03/2013 Hoje Sao Paulo ultrapassou New York no numero de automoveis . E tem gente que acha isso uma vantagem. E eu acho isso uma tremenda desvantagem pois falando em poluicao infelizmente ela tambem passou New York, e em congestionamentos tambem. Abracos Felix Enviado por Joao Felix - jfvilanova@gmail.com
Publicado em 21/03/2013 Será que São Paulo é como NY ou NY é que nem São Paulo? Sabe-se lá né!!! Enviado por Marcos Aurélio Loureiro - marcoslour_ti@yahoo.com.br
Publicado em 20/03/2013 Caro Rubens voce me levou a recordações apesar de nascer em 1953,quando pequeno por volta 1959 de só rico tinha televisão pois acabara de chegar ao Brasil,quanto a Rita Pavone eu lembro bem ela veio fazer apresentação no teatro Record canal 7 da rua da Consolação fez muito sucesso.
Parabens pela lembrança.
Enviado por Marcos Tadeu da Silva - mtadeu05@gmail.com
Publicado em 20/03/2013 São Paulo nunca conseguiu deixar de ser comparada à Nova York, não é? Virou uma selva cinzenta, misteriosa, mas que enfeitiça a todos que tentam conhecê-la melhor.Seu texto é ótimo! Abraço Célia Enviado por Regina Célia de Carvalho Simonato - rccsimonato@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »