Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares São Miguel - 390 anos de glória Autor(a): Humberto Mariano - Conheça esse autor
História publicada em 01/10/2012

Em setembro, comemoramos 390 anos da fundação de São Miguel. Durante todo o mês de setembro realizam-se festejos em diversos pontos da metrópole, promovidos pelos nativos e pelas diversas colônias que lá se instalaram desde o século XVII. Temos a festa japonesa, a árabe, a portuguesa, mas sentimos falta de uma festa italiana, cuja colônia não é muito numerosa, mas que marca presença na culinária local. Nossos antepassados mais antigos, os vikings noruegueses, foram extintos em meados do século XVIII, em combate com as tribos bárbaras que chegaram das regiões acima de Minas Gerais.

O ponto culminante dos festejos é o desfile cívico do último domingo de setembro, que neste 2012 serviu também como ensaio da cerimônia de abertura da Copa do Mundo, embora não acreditemos que lá eles consigam reunir tanta gente. Possivelmente, a abertura das Olimpíadas Rio 2016 consiga igualar o brilho de nosso desfile de ontem, desde que não convidem o Zeca Pagodinho para acender a tocha, caso em que o risco de um incêndio monumental deve ser considerado.

Em 1622, o Brasil pertencia à Espanha, que na ocasião mandava em Portugal. Deve ser daí que vem a nossa dificuldade em falar e escrever em Português, mal que atinge, em especial, os nossos advogados e políticos. Apesar dos insistentes apelos de Filipe IV, rei da Espanha, São Miguel manteve sua neutralidade na Guerra dos Trinta Anos, até porque era uma guerra entre católicos e protestantes, e aqui ninguém nunca ligou muito para essas desavenças. Essa vocação para a paz resultou no grande progresso que a metrópole alcançou em seu primeiro século.

O século XVIII vai encontrar São Miguel em pleno desenvolvimento, enquanto que São Paulo de Piratininga definhava com a migração de seus homens para as minas de ouro de Minas Gerais e Goiás. Em 1722, o assunto por aqui era a integração rodoviária entre a Vila Nitro Operária e a Vila Jacuí, por onde escoava nossa fortuna em direção ao interior do estado. Passamos nosso segundo século envolvido no Plano de Metas do então Intendente, que previa anexarmos São Paulo de Piratininga e colocá-la nos trilhos do progresso.

Para comemoramos nosso segundo centenário em 1822, convidamos o Príncipe Regente a participar dos festejos, desde que não trouxesse a esposa e o José Bonifácio, uma vez que as festas por aqui nunca foram coisas para amadores. Na certa, eles iriam empatar a diversão do Príncipe com as nativas e criar até um incidente diplomático entre São Miguel e o Rio de Janeiro, onde o Príncipe morava, pintava e bordava. No caminho, todos sabem, Pedro teve um desarranjo e na falta do que fazer declarou a Independência do Brasil, a qual São Miguel, contrariado por sua ausência em nossa festa, só reconheceu nove anos depois quando Pedro voltou para sua terrinha.

Para comemorar nosso terceiro centenário, patrocinamos a Semana de Arte Moderna, que foi realizada em São Paulo de Piratininga. Para incentivá-los, emprestamos equipamentos para a primeira transmissão de rádio no Brasil e a nota destoante daquele ano foi a bagunça que 18 são-miguelenses, embriagados, fizeram em Copacabana, que a imprensa marrom carioca chamou de "A Revolta dos Dezoito do Forte". Ainda no ano do terceiro centenário, o time local chegou a quadrangular final do Campeonato Paulista junto com o Paulistano, o Palestra Itália e a zebra Corinthians, que acabou levando a taça, favorecido pela arbitragem, como sempre.

Aguardem o que estamos preparando para o nosso quarto centenário daqui a dez anos.


E-mail: humberto.mariano@hotmail.com

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 28/12/2012 BÉLISSIMA EXPLANAÇÃO COMO SEMPRE, ABRAÇOS E PARABÉNS MEU AMIGO HUMBERTO (TIO PARA OS INTIMOS) Enviado por BELMIRO DE ARAÚJO ALVES - belmirobgg@yahoo.com.br
Publicado em 05/10/2012 MANO HUMBERTO, VC COMO SEMPRE MUITO BRILHANTE NAS SUAS NARRATIVAS, CONTINUE NOS ABRILHANTANDO COM SEUS MAGNIFICOS TEXTOS, ABRAÇOS FRATERNOS BELMIRO. Enviado por BELMIRO DE ARAÚJO ALVES - belmirobgg@yahoo.com.br
Publicado em 02/10/2012 Impagável, Humberto. Enviado por Valdemar - armesto@uol.com.br
Publicado em 01/10/2012 Humberto, voce esqueceu de mencionar a cerimônia de coroação da Rainha Elizabeth da Inglaterra e o lançamento da Apolo 11, que ocorreram na Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra Enviado por Abilio Macêdo - abilio.macedo@logoseng.com.br
Publicado em 01/10/2012 Verdade, Abílio. Foi a limitação de espaço. Obrigado pela lembrança. Abraços Enviado por Humberto Mariano - humberto.mariano@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »