Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Domingo de Sol na Represa Autor(a): Raul Lima - Conheça esse autor
História publicada em 08/02/2011
Lembro-me como se fosse hoje, os muitos domingos de sol que passávamos na beira da Represa de Guarapiranga.

Para chegar lá já era uma aventura, não havia a Marginal Pinheiros, íamos pela Avenida Santo Amaro, passávamos pela estátua do Borba Gato e sempre no sentido de Santo Amaro, depois já na Avenida Guarapiranga, que era ladeada por grandes pés de eucaliptos, entrávamos em uma ruazinha de terra, dávamos algumas voltas até chegarmos a portaria do Clube do Banco Comercial do Estado de São Paulo (depois de muita pesquisa no Google Maps descobri que hoje funciona lá o Clube ASBAC dos funcionários do Banco Central).

Depois de plenamente identificados e a Kombi estacionada, saía correndo pelas alamedas do Clube até chegar à beira da represa, subia no ancoradouro, às vezes molhava os pés naquela água fria, que para uma criança parecia um mar.

Durante o dia invariavelmente víamos aquele hidroavião vermelho escuro sobrevoando a represa, sempre tive vontade de andar nele e nunca consegui e agora eles estão aposentados (li em algum lugar que eram dois), sonho que provavelmente nunca será realizado.

Passeios de lancha, churrasco no bosque do próprio clube, pescaria nas margens da represa, faziam parte dos nossos domingos, que acabaram quando o banco foi extinto e o clube foi mudando de dono, até expulsarem os antigos sócios.

No final da tarde eu adorava acompanhar o vai e vem do guincho que rebocava os barcos até a garagem náutica, os barcos eram guardados para serem usados novamente no próximo final de semana.


E-mail: rmslima@gmail.com E-mail: rmslima@gmail.com
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 26/02/2011 SR.RAUL,FREGUENTAVA, A REPRESSA DE GUARAPIRANGA A 46ANOS ATRAZ.!!!
TINHA FAMILIA QUE MORAVA EM VELEIROS...BEM ENFRENTE A REPRESA,MAIS FICA AS MARGENS DA REPRESA DO QUE NA CASA DEMEUS TIOS..!!
VENDO O VAI-VENS DOS VELEIROS.. E O VOO DO HIDROAVIÃO..!!TEMPOS INESQUECIVEL..!!
NUNCA IMAGINAMOS QUE O DONO DO HIDROAVIÃO.. E AVIADOR..UM SIMPATICO UCRANIANO. SR. SUKURS...!!
ERA UM ES COLABORADOR DO NAZISMO NA 2 QUERRA MUNDIAL.
Enviado por rubens - rubens.torrecillas@terra.com.br
Publicado em 10/02/2011 Sr. Raul,sempre que possível, visitamos a represa de Guarapiranga e por ali almoçamos no restaurante Mil Milhas, e algumas vezes fazendo passeios de lancha.
É um local único, por sua paisagem, diversidade de pássaros e geografia. Quando então, retornamos à casa, estamos tranquilos, trazendo para dentro de nós um pouquinho de tudo quanto a natureza nos presenteou. Niderce Teresa
Enviado por Niderce Teresa - niderceteresa@bol.com.br
Publicado em 09/02/2011 Raul, voce deixou de realizar um dos passeios mais fantásticos a bordo de um hidroavião Seebea,"abelha do mar" modelo Republic-RC-3 dirigido pelo aviador Gunar Çucurs, que desde 1950 até 1994, quando aposentou o hidroavião e sua carreira, ele decolava e amerissava na Rivieira de Guarapiranga, próximo de onde voce ia, transportou em voos panorâmicos milhares de pessoas,sem nunca ter tido acidente, parabéns pelo tema,Estan Enviado por Estanislau Rybczynski - estan_tec@hotmail.com
Publicado em 08/02/2011 A Reprêsa com certeza vai voltar a ficar linda já esta ficando.
Apareça,boa lembrança.
Enviado por vilton giglio - viltongiglio@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »