Leia as Histórias

Categoria - Nossos bairros, nossas vidas Vila Prudente, década de 60 Autor(a): Ivan Consolmagno - Conheça esse autor
História publicada em 01/12/2010

Nasci e me criei na Vila Prudente. Nos anos 1960, contava com dois cinemas: o Cine Amazonas e o Cine Vila Prudente, magra opção de lazer para as famílias operárias, a maioria de origem italiana, portuguesa ou lituana.

Naquela época, utilizava-se o bonde 32, substituído pelo ônibus 25 da CMTC e, posteriormente, substituído pelo 468 (V.Prudente-Cidade) da Empresa Paulista de Ônibus. Lembro-me de dois motoristas, muito amigos dos usuários, o Sr. Luiz e um português chamado Sr.Abel, pessoas nobres e estimadíssimas de todos.

A Rua Capitão Pacheco Chaves possuía duas mãos de trânsito, e quem vinha da Rua Ibitirama era obrigado a contornar a Praça Padre Damião para acessá-la.

Pobre e feia, a Vila Prudente contava com um comércio estável de quatro panificadoras: a Flor da Vila, Machado, Paiva e Big Pão, além de uma torrefação de café chamada "Café Delícia", a Drogasil e a Drogapan, as casas de ferragens Dalson, Ari, Elétrica Nelson, Depósito de Materiais de Construção Nogueira e Magalhaes.

Havia dois córregos que cortavam o bairro: o Córrego da Moóca, hoje Avenida Anhaia Mello, onde, em 1969, foi encontrada uma cobra de quase dois metros; e o Córrego das Vacas, que vinha canalizado pela Rua José Zappi.

Além do Juventus, havia o Centro Esportivo Arthur Friedereish da Prefietura, o Clube dos Veteranos Brasil e o Buffallo, para prática de esportes. O Sharanga e o Juventus eram os salões de baile preferidos dos jovens da época, onde se podia dançar e namorar ao som das bandas da época, como os Pholhas, Porão 99, Light Refleccions, Sunday, Super Som TA, etc. E todo fim de ano o bairro era animado com uma banda financiada pelo Clube dos Logistas de Vila Prudente que assassinava músicas de Natal o dia inteiro pelas ruas.

Todos se conheciam, todos eram amigos, todos eram trabalhadores. Se era um bairro cinzento e pobre, na minha memória situa-se num lugar colorido e cheio de luz, da minha infância e juventude.

E-mail: corisco15yahoo.com.br@zcs-smtp-02.isat.com.br

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 18/03/2013 Cara, que saudades... quantas tardes no Amazonas
a loja Credi Ramos a cabeleireira Cida a loja do Silva o charanga o Beat Bin do Mario H bin, se alguem tiver os contatos com estas pessoas escrevam.Ai que saudades do conjunto The Gringos eles tocavam Beatles melhor que todos e eram só uns garotos,a Jalosi, a Travessa Gardenia a Tulipa quem lembra ??
obrigado pela sua memória
Enviado por celso zambel neto - celsoligun@yahoo.com.br
Publicado em 11/10/2012 Pois é !
Meu pai foi dono da Bar e Bilhar Modelo na Rua do Orfanato, 130 na decada de 60. Tenho grandes e boas lembranças dos amigos da epoca, dos cinemas, Amazonas e Vila Prudente, da Jequitay, da Coap, do Grupo Escolar Republica do Paraguay. No bar tinha um jogador de dominó que era imbatível, mas, eu não consigo lembrar o seu nome (apelido), se alguém puder me ajudar eu agradeço. Eu lembro do Carne Frita,Loiro,Chorão,Daniel,Zénilo,Sputnik,Paulinho Japones,Isack,e outros.Eu tinha de 12 a 16a.
Enviado por José Eduardo Massaretto - edumassaretto@ig.com.br
Publicado em 23/01/2012 Olá Ivan,
Nasci e moro até hoje na Vila Prudente. Adorei ler suas lembranças do nosso querido bairro! Parabéns.
Enviado por Maria Fatima Gonçalves - mariafatima1@terra.com.br
Publicado em 21/10/2011 Nasci, na Vila prudente lembro vagamente do casarão da Rua Do orfanato, com a Rua do Oratorio, e gostaria de saber se existe fotos do casarão, ainda lembro da casa que toda avarandada com uma grande escada de marmore que levava as pessoas a adentrar mesma varanda, eu gostaria de visializar a foto deste casarão pela internet ou de uma outra forma para relembrar tempos bons de muitas brincadeiras e diversão..............
Ainda mora na Vila Prudente na Rua Ministro Salgado Filho
Enviado por Ricardo Martins - ricardo_rianmartins@hotmail.com
Publicado em 21/10/2011 Nasci, na Vila prudente lembro vagamente do casarão da Rua Do orfanato, com a Rua do Oratorio, e gostaria de saber se existe fotos do casarão, ainda lembro da casa que toda avarandada com uma grande escada de marmore que levava as pessoas a adentrar mesma varanda, eu gostaria de visializar a foto deste casarão pela internet ou de uma outra forma para relembrar tempos bons de muitas brincadeiras e diversão..............
Ainda mora na Vila Prudente na Rua Ministro Salgado Filho
Enviado por Ricardo Martins - ricardo_rianmartins@hotmail.com
Publicado em 21/10/2011 Nasci, na Vila prudente lembro vagamente do casarão da Rua Do orfanato, com a Rua do Oratorio, e gostaria de saber se existe fotos do casarão, ainda lembro da casa que toda avarandada com uma grande escada de marmore que levava as pessoas a adentrar mesma varanda, eu gostaria de visializar a foto deste casarão pela internet ou de uma outra forma para relembrar tempos bons de muitas brincadeiras e diversão..............
Ainda mora na Vila Prudente na Rua Ministro Salgado Filho
Enviado por Ricardo Martins - ricardo_rianmartins@hotmail.com
Publicado em 05/09/2011 Ivan sua lembrança foi linda,trabalhei na loja de discos da rua ibitirama 26 o dono era Silva,eu lembro dos conjuntos citados,e hoje ainda mantenho contato com eles,pois trabalho com musica e se não me falha a memoria o bufalo era na rua cavour?e o dono dele era o Divu?parabens,hoje ainda moro na vila prudente. Enviado por ernando vieira - ernando-vieira@hotmail.com
Publicado em 30/08/2011 ADOREI A HISTÓRIA ,TENHO 49 ANOS , NASCI NA RUA ANTONIO PADUA DE OLIVEIRA ,UMA TRAVESSA DA RUA ORATORIO, CRESCI, ME CASEI , TIVE MINHA FILHA QUE HOJE ESTA COM 22 ANOS E CONTINUO MORANDO NA MESMA CASA , AMO A VILA PRUDENTE NÃO SABERIA MORAR EM OUTRO LUGAR, MAS NA VERDADE ESTOU PROCURANDO A FOTO DO CASARÃO DO DR. CAMILO , QUE HOJE É O BANCO ITAU, NA RUA DO ORATORIO DE FRENTE PARA O BRADESCO, GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUM ACERVO ONDE POSSO ENCONTRA-LO Enviado por ANA MARIA JACOBUCCI RIBEIRO - contato@vplog.com.br
Publicado em 01/12/2010 Gostei muito do seu texto porque durante mais de vinte anos a Vila Prudente era parte do meu caminho para escola onde eu trabalhava. Havia uma tecelagem Vânia ( ou há) cujo dono era um anão simpático e muito bem relacionado. Meu falecido marido vendeu-lhe um grupo gerador da Scania ( ou coisa parecida) e fomos super bem recebidos... Enviado por Trini Pantiga - trinesp@ig.com.br
« Anterior 1 Próxima »