Leia as Histórias

Categoria - São Paulo da cultura, gastronomia, lazer e oportunidades A minha riqueza Autor(a): Valdecir Donizeti de Oliveira - Conheça esse autor
História publicada em 27/10/2010
Meu amigo Alemão sempre dizia, sem qualquer vaidade, que nunca tivera qualquer problema financeiro. Na sua vida, dinheiro nunca foi algo que o deixou sem dormir, como acontece com muitas pessoas no mundo.

Eu, ao contrário, reconheço que meus pais tiveram uma enorme dificuldade para criar cinco filhos. Eu nasci em casa, um barraco para ser mais específico, na Vila Mangalot. Minha querida Vó Maria foi a parteira naquele dia 09 de Julho de 1964.

Mas as dificuldades não são algo marcante na minha infância. O barraco ficava num terreno maravilhoso, onde também morava a minha vó, o tio Nego e a tia Neném. Além disso, lá se encontravam todos os tipos de frutas: jaca, pitanga, jambo, amora, abacate, manga. Que terra fértil a do Mangalot!

A adolescência também foi marcada pela ausência de luxo e pela simplicidade. Lembro que eu e os meus quatro irmãos dormíamos num mesmo beliche. Eu e o meu irmão, que até os 13 anos fazia xixi na cama, ficávamos na parte de cima e as três irmãs dormiam embaixo.

Sabíamos dividir as coisas, desde a comida até a televisão e até as poucas peças de roupa. O tênis era o Conga, a calça USTOP. E como era gostoso o lanche de patê de sardinha com tubaína, nas poucas festas!

Comprar meio filão de pão e meio litro de leite, que era vendido na garrafa. Lembranças gostosas como o cheiro do café invadindo o quarto de manhã e acordar ouvindo conversas e gostosas risadas vindas da cozinha.

Meu pai, graças a Deus, ainda vivo, assim como minha mãe, era um cara meio sério, daqueles que bastava um olhar e ponto. Mas o tempo foi passando e hoje ele é um amigão. Volto então ao meu rico amigo Alemão, que um dia me falou de uma cena da sua infância...

Contou-me de seu pai doente na cama, com um pano no rosto que caiu por um momento, mostrando a triste imagem de uma face desfigurada. Ainda pequeno, perdeu o pai. Ao ouvir esta história, agradeci a Deus pela minha riqueza!

E-mail: valdecir.donizeti@bol.com.br E-mail: valdecir.donizeti@bol.com.br
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 11/10/2013

É Valdecir quando a gente é pobre,pobre mesmo,até um lanche de mortadela é um banquete.

Enviado por Benedita Alves dos Anjos - dosanjos81@gmail.com
Publicado em 28/10/2010 Bem aventurados aqueles que amam, respeitam e admiram seus pais. Parabéns Enviado por Carlos A. Bulgarelli - carlos.bulgarelli@yahoo.com.br
Publicado em 27/10/2010 Riqueza é aquilo que se vê na mesa. Alem do que esta em cima dela para se deglutir, também os que estão ao seu redor. E estando, dois, três ou mais pessoas é sempre uma família unida. Enviado por Mário Lopomo - mlopomo@uol.com.br
Publicado em 27/10/2010 Corrigindo meu comentário abaixo:
Sua riqueza, minha, e de muitos que nasceram na mesma época. Tínhamos uma vida simples, mas rica em natureza, amor e respeito pelos nossos pais...Uma vontade de evoluir, de ter um futuro melhor!!! O futuro chegou, nós evoluímos, estamos aqui, somos fortes, a vida nos fêz fortes.
Parabéns!
Margarete.
Enviado por margarete - margarete@nomminal.com.br
Publicado em 27/10/2010 Dinheiro não traz felicidade; de-me o dinheiro e seja feliz. Brincadeira a parte. Bonita narrativa que serve de exemplo à todos. Parabéns. Enviado por ailton joubert - ailtonjoubert@hotmail.com
Publicado em 27/10/2010 Reminicências de uma infância pobre mas, feliz. Isso é que importa. Parabéns, Donizeti.
Modesto
Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 27/10/2010 Sua riqueza, minha, e de muuitos que nasceram na mesma época.Tínhamos uma viada simples mas rica em natureza, amor e respeito pelos nossos pais, uma vontade de evoluir, de ter um futuro melhor!!! O futuro chegou, nos evoluimos, estamos aqui, somos fortes, a vida nos fez fortes.
Parabéns.
Margarete.
Enviado por margarete - margarete@nomminal.com.br
Publicado em 26/10/2010 É isso mesmo, Valdecir. Eu vivo pensando nisso e filosofando sobre o assunto. Riqueza não é só dinheiro no bolso. Riqueza financeira isoladamente nao traz a felicidade e isso é visível no nosso dia a dia e nas notícias dos jornais. O que precisamos para viver bem nao é muito, tampouco é necessário um caminhão de dinheiro. É preciso saúde, amor gente boa à nossa volta, um cantinho simples para morar. É bem isso que sua história veio demonstrar. Enviado por Luiz Carlos Pereira - lcarlospereira@gmail.com
Publicado em 26/10/2010 Valdecir:
Sou bem mais velho que você, mas sua história tem semelhanças com muitos.
Resumindo tudo: Família
Luiz
Enviado por Luiz - luizcperon@bol.com.br
Publicado em 26/10/2010 A MAIOR RIQUEZA E A SAUDE,EU CONCORDO O DINHEIRO E A RAIZ DA FELICIDADE. Enviado por joao claudio capasso - jccapasso@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »