Leia as Histórias

Categoria - Nossos bairros, nossas vidas Gol de cachorro Autor(a): Roberto Collacique - Conheça esse autor
História publicada em 07/06/2010
Complementando as lembranças do Sr. Silvio Luis Contri,tem uma passagem que aconteceu com o grande goleiro Rosca (juro que é verdade): jogando num domingo pela manhã, o nosso “Vigor” teve um pênalti marcado contra. Quem era o goleiro??? Ele, o grande Rosca.

Pois bem, o nosso amigo "Paredão" também jogava conosco, tinha um cachorro boxer que levava todos os domingos ao campo e o prendia ao lado da trave.

O adversário bateu o pênalti e o cachorro, na vontade de pegar a bola, entrou no campo; a bola bateu nele (ia para fora) e acreditem, ele fez o gol no grande "Rosca" e o juiz validou!

Não sei não, mas eu acho que o Rosca teve o privilégio de ser o único goleiro do mundo a tomar um gol de "cachorro".

Também quero deixar registrado que sinto muita saudade de todos aqueles que jogaram comigo no grande "Vigor", a começar pelo Tadeu, Paulão (Franguita), Riva, Dr. Laerte, Dr. Edgard, Alfredinho, Bertinho (jogava muito), o Júlio (exímio cobrador de faltas) e todos aqueles que, mesmo não mencionando seus nomes, só tenho a agradecer por terem participado de minha vida.

Hoje, morando em Sorocaba, quando vejo alguém falando do nosso querido Pari, sinto saudades, pois fui morar no Pari em 1958.

Espero em breve poder rever a todos.
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 28/06/2010 Roberto, como vai? gostei da sua história e eu, que sou seu tio, não conhecia esta sua experiência. Parabéns. Pros leitores mais antigos, devo informar que vc. é o personagem principal da minha crônica que fiz sobre o incendio no presépio, "Aconteceu no Natal" de
21\12\07. Tchau, Roberto.
Tio Modesto
Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 11/06/2010 É bem melhor um cachorro amigo que um amigo cachorro! Enviado por Luiz Simões - saidenberg@ajato.com.br
Publicado em 08/06/2010 Caro Roberto,

Não souberam argumentar... O cachorro como atacante estava em posição de impedimento,na banheira. Agora, se o cachorro estava jogando de zagueiro... É GOL! GOL CONTRA.

Visualizei toda a sua narração, foi incrível!

Realmente eu nunca vi ninguém tomar gol de cachorro e olha que, até hoje, com 50 anos, ainda jogo meu futebolzinho de várzea de domingo de manhã no meio da cachorrada. Já vi goleiro "não tomar" gol de cachorro, isso toda hora. A cachorrada salva nossos goleiros!
Enviado por Rogerio Zanetti - gecozanetti@hotmail.com
Publicado em 08/06/2010 Roberto,

continuando... Golaço do cachorro!
Privilégio do Rosca ter tomado gol de cachorro e mais privilégio ainda é você, poder ter isso na memória.

Um abraço,

Rogério Zanetti
Enviado por Rogério Zanetti - gecozanetti@hotmail.com
Publicado em 07/06/2010 CARO, ROBERTO, O GOL FOI VALIDADO POR QUE O CACHORRO ERA PONTO NEUTRO NO JOGO, E COMO SE A BOLA BATESSE NA TRAVE E DEPOIS ENTRASSE NO GOL.
CERTA VEZ EM UM JOGO SANTOS x PALMEIRAS, O JUIZ
ARAGAÔ, FEZ UM GOL NO FIM DO JOGO A FAVOR DO PALMEIRAS, E O GOL FOI VALIDADO, FOI 2x2
Enviado por joao claudio capasso - jccapasso@hotmail.com
Publicado em 07/06/2010 Roberto eu acho que nesse dia esse cachorro, estava com a macaca. Gostei desse seu gol mundo cão parabens. Enviado por Arthur Miranda - 27.miranda@gmail.com
« Anterior 1 Próxima »