Leia as Histórias

Categoria - Nossos bairros, nossas vidas Portuguesa da Vila Mariana - um jogo inesquecível Autor(a): Pedro Galuchi - Conheça esse autor
História publicada em 07/01/2010

Eu nem entendia a diferença da várzea para o profissionalismo...
Não perguntava, mas ficava cismado porque o Pelé não vinha jogar nos campos que havia na Vila Mariana. Tinha o campo da Brahma na Rua Padre Machado, o campo do Colégio Arquidiocesano onde vi um ataque com Bataglia, Sérgio Eshigo, Nei, Rivelino e Lima ser derrotado pelo time de ex-alunos Maristas...

Foi quatro a três no campão de terra... Havia ainda o campo da Portuguesinha da Vila Mariana. O único que sobrevive até hoje lá no final da Rua Jorge Tibiriçá... Naquela tarde de sábado chovia uma garoinha que São Paulo esqueceu e fazia muito frio... Estava com meu irmão, bem mais velho que eu... Ia ter um jogo importante. O barranco estava lotado... Tinha gente sentada até no barro...

Eu achava engraçada a "barriga" que o campo fazia num dos lados.
Um riachinho demarcava a linha lateral do campo de terra. Lembro-me que tentaram riscar de cal a lateral, mas o incumbido para o feito, sem régua e talvez mamado, acompanhou o córrego. Quem andou pela várzea deve ter visto muitas linhas divisórias de meio campo que começaram a ser pintadas das laterais e se encontraram paralelas no grande círculo.

Naquela tarde havia três árbitros... Xingaram muito o trio de arbitragem. Era um campeonato amador, que devia ser promovido pela prefeitura e Gazeta Esportiva... A Portuguesa da Vila Mariana entrou com seu maravilhoso uniforme com a camisa listrada na horizontal. Vermelha e verde...

Acho que lá estavam os falecidos Schiafino, Irineu e Teco, o Vado, Tuca, Bira, Esquerdinha, Lula, o goleiro Miltinho, Índio, entre outros. Perdoem-me os que esqueci... O adversário era “um tal" de Mocidade do Glicério, bairro do Centro de São Paulo... Na verdade era o Mocidade da Rua Lavapés, também sede do bloco carnavalesco, hoje extinto.

Nenhum torcedor... Ouvi dizer que não tinham vindo de medo, pois na partida do outro turno, no campo deles, tinham ganhado no apito e na briga. Foi só o jogo começar que a garoa apertou. Para criança sempre aparece um espacinho debaixo de um guarda-chuva. Lembro-me de um dos gols. Do Esquerdinha... Do meio da rua... Por cobertura... Acho que foi o quarto gol dos cinco a zero...

O jogo acabou e não teve briga! Os adversários saíram murchinhos, murchinhos... Levei a maior bronca quando cheguei ensopado em casa...
Anos depois quando o Pelé tentou fazer um gol parecido na Copa de 70, contra a Tchecoslováquia, fiquei pensando: Será que o Pelé não estava escondido no meio da torcida naquele dia? E eu não vi...


E-mail do autor: plugal01@gmail.com

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 30/01/2013 Gostaria de saber se vc conheceu o Pissorra, pois era meu pai e jogava na Portuguesinha Enviado por Ana Lucia Simoes - analuciasimoes@live.com
Publicado em 18/12/2012 LINDA HISTORIA SEJA ONDE EU FOR O CLUB QUE JOGAR NUNCA DEIXO DE PENÇAR NA PORTUGUESINHA DA VILA MARIANA SEMPRE ESTARÁ NO MEU CORAÇÃO FELIZ NATAL A TODOS E AMIGOS QUE AI DEIXEI PROSPERO ANO NOVO A TODOS GRANDE ABRAÇOS (gilete Enviado por DONIZETTE(GILETE.GOLEIRO - ZETTEPONTELLO01@GMAIL.COM
Publicado em 18/12/2012 LINDA HISTORIA SEJA ONDE EU FOR O CLUB QUE JOGAR NUNCA DEIXO DE PENÇAR NA PORTUGUESINHA DA VILA MARIANA SEMPRE ESTARÁ NO MEU CORAÇÃO FELIZ NATAL A TODOS E AMIGOS QUE AI DEIXEI PROSPERO ANO NOVO A TODOS GRANDE ABRAÇOS (gilete Enviado por DONIZETTE(GILETE.GOLEIRO - ZETTEPONTELLO01@GMAIL.COM
Publicado em 18/12/2012 LINDA HISTORIA SEJA ONDE EU FOR O CLUB QUE JOGAR NUNCA DEIXO DE PENÇAR NA PORTUGUESINHA DA VILA MARIANA SEMPRE ESTARÁ NO MEU CORAÇÃO FELIZ NATAL A TODOS E AMIGOS QUE AI DEIXEI PROSPERO ANO NOVO A TODOS GRANDE ABRAÇOS (gilete Enviado por DONIZETTE(GILETE.GOLEIRO - ZETTEPONTELLO01@GMAIL.COM
Publicado em 06/12/2011 Gente adorei ler esta maravilhosa historia e seus comentários. E nem sabia que existia, mas esta ferramenta que nós apropria faz dar nó na garganta encher os olhos...No entanto não sou da mesma época. Vivi esta história dos anos 80 ate o final dos anos 90. Alguns dos citados conheci. (S)Lula por exemplo foi meu primeiro professor no futebol e uma excelente pessoa. Vivi grandes historias no campo da Portuguesinha. Hoje estou de volta quase 20anos depois, pois no final da década de 90 mudei para Diadema. Estou lá todo Domingo desde outubro(2011) deste ano. Meu muito obrigado a vocês que fizeram com que este momento exista. Quem sabe ate me arrisco a escrever minha própria historia....Um grande abraço.....Ricardo ``o Léusinho´´. Enviado por ricardo prieto - ricardo.prieto@bol.com.br
Publicado em 13/11/2011 PESSOAL DA PORTUGUESINHA.DA CORREDEIRA.DA PADRE MACHADO.DO CAMPO DA BRAHMA.DA RUA SANTO IRINEU.DA BIBLIOTECA LEMBRA PESSOAL.COMO FOI BOM ALGUEM TEM QUE FAZER UMA PAGINA DAQUILO TUDO DO NOSSO QUERIDO BAIRRO COM FOTOS E COMENTARIOS DE QUEM MOROU POR ALI EU ESTOU AQUI NA PRAIA GRANDE MAS MEU CORACAO ESTA AI NA VILA MARIANA.ENTRE A PADRE MACHADO.E LOEFREGUEM.QUASE DENTRO DA BANCA DE JORNAL DO BARBOSA.TENHO SAUDADES DE TUDO DESTA REGIAO.SOU DO TEMPO QUE NA CORREDEIRA...DIA DE CHUVA.EU TINHA GALOCHA . Enviado por roberto(nene da corredeira )v.mariana - rodrigueslitoral19531@hotmail.com.br
Publicado em 09/11/2011 GRANDE PAGINA OBRIGADO PEDRO PELA LEMBRANCA DA NOSSA QUERIDA VILA MARIANA GRANDES SAUDADES DO CAMPO DA PORTUGUESA DA BIBLIOTECA DA RUA CORREDEIRA ONDE NASCI E TENHO ORGULHO DO MEU APELIDO..NENE...PEDRO GOSTARIA DE VER FOTOS DAQUELE TEMPO ESTOU MORANDO AGORA AQUI NA PRAIA GRANDE PERTO DE 15 ANOS ESTOU AQUI AMO O NOSSO BAIRRO TEMPOS BONS DOS BALOES PEQUENOS E ENORMES QUE PASSAVAM BEM EM CIMA DA NOSSA CASA CHEIO DE FOGOS E A CANGALHA RASPANDO NO TELHADO DE CASA UM ABRACO NENE CUNHADO DO LULA Enviado por roberto (nene) - rodrigueslitoral19531@hotma.com.br
Publicado em 13/08/2011 Beleza de lembranças....devemos ter nos cruzado nesses ambientes.......sou de maio de 1951 e frequentava o Arqui e o Campo da Portuguesinha... Enviado por Reinaldo W Zietlow - rewezi@hotmail.com
Publicado em 06/08/2011 Sr. Pedro eu também vi grandes jogos na várzea principalmente em Pinheiros, me lembro do meu querido Leão do Morro contra o Brasil no campo do Primeiro de Maio na Vila Madalena campeonato dos melhores times da região que o Leão foi o campeão ,me lembro também do Leão do Morro contra o Fernão Dias a onde o Elinho do Leão um dos melhores jogadores da várzea só não fez chover,ele jogava no juniores do São Paulo,o Leão também foi campeão do campeonato da Ultima Hora em 62 ,eu joguei no Leão Enviado por Samuel S. Polonio - poloniosamuel@superig.com.br
Publicado em 29/05/2011 na minha epoca tinha os atletas cavaquinho, Dr.luis, trator, malaquias, e etc. morava na rua loefgren, 311 o tempo que a escola de samba barroca zona sul ensaiava na quadra da portuguesinha belos tempos - abracos pardal Enviado por reinaldo martins - jarraopardal@gmail.com