Leia as Histórias

Categoria - São Paulo da cultura, gastronomia, lazer e oportunidades Pizzas light Autor(a): Domingos Ricardo Chiappetta - Conheça esse autor
História publicada em 13/06/2008

São Paulo tem um dos melhores roteiros gastronômicos do mundo, são mais de 70 mil restaurantes, bares, pizzarias, churrascarias, self-services, fast food lanchonetes e botecos. São opções para todo gosto e paladar. Temos 58 nações diversificadas com seus pratos, tradicionais. São Paulo se tornou capital mundial da gastronomia em 1997, título este reconhecido pela câmara municipal de São Paulo, referendado pelas embaixadas e consulados. O prato que mais identifica São Paulo é a pizza, algumas massa fina, outras massa grossa, massa média, calzone, enfim, todas as variedades, e sabores, muzzarela, alicci, romana, atum, calabresa, meio a meio, marguerita, e outras de gostos variáveis. Inclusive as pizzas doces, de sorvete enfim uma variedade enorme. A tradição da pizza é o forno a lenha, os discos, ou redondas, não importa o nome dado, têm que ter o molho com tomates selecionados, orégano, tempero de exclusividade que é segredo de cada pizzaria. Portanto, São Paulo é o maior consumidor de pizza do mundo, engrandecendo a gastronomia que é o grande trampolim para o desenvolvimento do turismo, setor gerador de divisas para o Brasil, engrandecendo o turismo e lazer em são paulo. A pizza doce foi introduzida em São Paulo em 2001, como as de chocolate, sorvetes e de frutas. E as light, vegetarianas, as de picanha, de hamburguer etc. A pizza em São Paulo tem um grande incentivo através de festivais gastronômicos, festas em bairros, paróquias e igrejas pela colônia italiana. Portanto vamos saborear as redondas, como consta no site sãopaulominhacidade.com, onde são relatados pelos internautas histórias que já foram editadas no primeiro volume, em abril pela SPTuris, na Sala São Paulo. Aguardando nova edição pela SPTuris, com novos fatos que constam nos sites, pois bairros tradicionais, como Brás. Mooca, Belém, Bixiga enobrecem a gastronomia de São Paulo, pelas pizzarias tradicionais, que já existiram, como Pizzaria Adega do Braz, 1060, Balilla, do Luiz, e remanescentes e novas surgindo por toda cidade.

e-mail do autor: d.chiappetta@ig.com.br

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 16/06/2008 Amigo

Morei na Italia, vc não vai acreditar, mas a pizza Paulista é bem melhor, bem mais variada(brasileiro cria em cima) e a massa muito mais gostosa. Podes crer.
Enviado por Lygia - lymarsouz@live.co.uk
Publicado em 15/06/2008 Chiapetta, sabe qual a pizza que eu mais gosto?
Não?
Então vou contar: a Pizza que mais gosto é aquela que está na minha frente para ser consumida. As outras como depois.
Enviado por Miguel - misagaxa@terra.com.br
Publicado em 15/06/2008 Permita-me acrescentar, aqui no meu bairro, tem uma tradicional pizzaria há mais de 30 anos ( Rua Mal.Deodoro -alto da Boa Vista) de nome Tomatto, frequentada por aqueles malucos por pizza e em sua maioria não latinos. Muitos suiços, alemães, nordicos e sempre fizeram também pízzas docês. Só gosto das salgadas. Belo relato. Um abraço. Mirça Enviado por mirça bludeni de pinho - by_laser@yahoo.com.br
Publicado em 15/06/2008 Chiappetta, tenho um sobrinho que embora descenda de alemães não pode ver uma pizza pela frente e quando o levo para jantar, educadamente minha espôsa pergunta Eduardinho que pedaço você prefere e êle responde:-Tia, o maior... Abraços. Asciudeme Enviado por asciudeme joubert - asciudeme@ig.com.br
Publicado em 13/06/2008 Chiappetta. saudações pizzaiolas. Não temos ascendência italiana, mas todos adoram os pratos que as "Nonas" introduziram e uma ensionou minha espôsa a fazer os famosos molhos, com uma recomendação: Usar sempre tomate tipo "italiano".
Mas certa vez fui comer pizza na casa de um amigo, que não era italiano, mas descendente lá da "terrinha", que nos ofereceu como novidade: PIZZA DE ARROZ COM FEIJAO E MUZZARELA - nunca mais fui jantar lá. Abraços. Asciudeme
Enviado por asciudeme joubert - asciudeme@ig.com.br
Publicado em 13/06/2008 Adoro pizza! Melhor ainda se for de rúcula com tomate seco.
Até dia 8.
Enviado por Berê Doris - doris.rabello@uol.com.br
Publicado em 13/06/2008 Chiapetta, quanto à pizza, gosto das mais simples, mais próximas de seu original napolitano: muzzarela, tomate, mangericão. Aliche, talvez. Ecco ! Enviado por Luiz S. Saidenberg - saidenberg@ajato.com.br
Publicado em 12/06/2008 Chiappetta que belo relato - Abraço Adolpho. Enviado por Adolpho Adduci - adolphoadduci@yahoo.com.br
Publicado em 12/06/2008 Aí, Chiappetta, "mangia la pizza con la pomarolla i lo formagio in gopa, che te fa bene, pero, non dimenticare, un bichieri di Chiantti". Abraços.
Modesto
Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@terra.com.br
Publicado em 12/06/2008 Pizza pode ser, só de mussarela, com bastante bródo. Enviado por Mário Lopomo - mlopomo@uol.com.br
« Anterior 1 Próxima »