Zona Sul

Guanhembú

A data – 27 de novembro – reconhecida como marco inicial da região, é referência ao dia em que no ano de 1969 se realizou a venda do primeiro lote (5m x 25 m) resultante do parcelamento das terras do sítio denominado Guanhembu (pássaro d´água em tupi-guarani) de propriedade da família alemã Diedericssen.

Segundo pesquisa realizada junto aos órgãos municipais e a Universidade de São Paulo, a formação do bairro está associada à imigração alemã. De fato, Maria Helene Petrillo Berardi, em História dos Bairros de São Paulo, relata que depois da proclamação da Independência, passou a crescer a preocupação com o povoamento e D. Pedro I incumbiu emissários de aliciar imigrantes nos estados meridionais da Alemanha, sobretudo da Baviera.

É de se supor que as informações transmitidas pelos pioneiros do bairro de que as terras do Guanhembu fizeram parte daquele parcelamento inicial destinado à colônia alemã que desmatou a região para a venda dos eucaliptos às padarias e olarias o que, de certa forma, descaracterizou o berço ecológico ali existente.

A população do Jardim Guanhembu, em sua maioria composta por migrantes brasileiros nordestinos, corresponde a 11 mil habitantes, de acordo com os dados do último censo do Instituto Brasileiro de Geográfica e Estatística - IBGE.

O Jardim Guanhembu está localizado no extremo sul da Subprefeitura de Capela do Socorro. As festividades de comemoração ao aniversário do bairro se realizam através de shows com artistas da região.

Dia do bairro: 27 de novembro

Fonte: Subprefeitura Capela do Socorro